Novo aplicativo de mensagens é a união do LinkedIn com o WhatsApp

O Caliber pretende substituir os e-mails por mensagens e agilizar a comunicação entre as empresas ou pesosas

Avatar

Por Júlia Miozzo

6 de abril de 2015 às 13:26 - Atualizado há 5 anos

SÃO PAULO – Os aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp e o Viber, já são os favoritos de pessoas – e começam a substituir os e-mails e ligações telefônicas em muitas empresas.

Pensando em criar um aplicativo de mensagens exclusivo para empresas e contatos profissionais, uma espécie de união entre o WhatsApp e o LinkedIn, surge o aplicativo Caliber.

Em entrevista ao Entrepeneur, Andres Blank, CEO da startup, comenta que é uma oportunidade em agilizar a interação das pessoas com os contatos profissionais. “Ao tornar este processo mais rápido, você consegue alcançar mais pessoas e aumentar suas chances de ser mais produtivo e bem sucedido em sua carreira”, disse. “A troca de e-mails por mensagens não está acontecendo só entre seus amigos”.

Tem uma startup e precisa de ajuda? Cadastre-se no StartSe (www.startse.com.br) e fale com investidores, mentores, aceleradoras e fundos de investimento. É gratuito.

Lançado no ano passado, ele funcionava como um Tinder para contatos de negócios permitindo apenas a conexão entre pessoas – e não uma comunicação plena. Agora, utilizando as conexões e dados da conta no LinkedIn do usuário, o perfil no Caliber contém informações profissionais, como suas habilidades e experiência anterior. Posteriormente, a empresa deve permitir a integração com a conta do Twitter, Dribbble e lista de contatos do Angel List.

Caso não haja resposta às mensagens enviadas a usuários, elas desaparecem em algumas semanas e é preciso recomeçar o contato. O aplicativo está disponível para iOS e Android.