Nova tecnologia do Google faz uma mudança gigantesca com seus aplicativos

Avatar

Por Júlia Miozzo

23 de novembro de 2015 às 16:30 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Desde a semana passada, atualizações disponibilizadas para alguns aplicativos do Google permitem que o usuário use aplicativos de terceiros sem precisar fazer o download dos mesmos – ao invés disso, eles vão funcionar através de streaming. Sim, o Google acaba de criar o Netflix dos aplicativos. 

Mas como isso é possível? Em entrevista ao site TechCrunch, o executivo que está comandando o projeto, Rajan Patel, explicou que os tais aplicativos funcionam através de máquinas virtuais presentes nas plataformas de nuvem do Google. Ou seja: quando um desses apps é usado, a máquina faz todo o processamento necessário e envia os dados para o celular através da internet, indicando o que mostrar na tela.

A intenção da empresa com tal tecnologia é grande, mesmo que apenas alguns aplicativos estejam disponíveis para streaming: eles só funcionam quando o usuário faz uma busca através dos app do próprio Google no Android, excluindo qualquer outro navegador ou Chrome.

Assim, ao invés de baixar um aplicativo específico – o que acabaria prejudicando o Google, já que não seria mais necessário fazer buscas sobre o assunto – é possível fazer a busca e encontrar os aplicativos de streaming, em alguns casos até melhores do que o baixado inicialmente.

Além de serem mais rápidos e fáceis de serem usados, os aplicativos via streaming economizam espaço do smartphone. Além disso, todo o processamento fica por conta do próprio Google, não mais do celular.