Netflix está presente em quase todos os países do mundo (mas China é exceção)

O principal desafio que a empresa enfrenta para entrar em território chinês é a censura dos meios midiáticos, que também atuam sobre sites como Google e Facebook

Avatar

Por Júlia Miozzo

7 de janeiro de 2016 às 11:38 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – O Netflix agora está disponível para mais de 130 países, dentre eles Azerbaijão, Índia, Vietnã, Nigéria, Polônia, Rússia, Arábia Saudita, Coreia do Sul, Singapura, Turquia e Indonésia. Quando estreou no continente asiático, em setembro do ano passado, o número total era de apenas 60 países.

Entretanto, ainda existe um único grande país em que o serviço não está disponível: China, onde a empresa afirmou que continua explorando opções para prover o serviço. Na Coreia do Norte, Síria e Crimeia o serviço também não estará disponível por causa das restrições do governo dos EUA.

Por conta dessa expansão internacional do Netflix e de seu conteúdo, a empresa já conta com séries de própria produção que são feitas em outras línguas além do inglês e fora dos EUA. Árabe, coreano e mandarim são alguns dos novos idiomas, que totalizam 16.

O principal desafio que a empresa enfrenta para entrar em território chinês é a censura dos meios midiáticos, que também atuam sobre sites como Google e Facebook. Como conta o CNN Money, é provável que todo o conteúdo do Netflix seja investigado minuciosamente antes de estar disponível no país.

Mas não é como se o país não soubesse o que é o serviço de streaming, já que possuem os seus próprios – que, aliás, fazem grande sucesso.