Motoristas do Uber fazem novo aplicativo para não serem jogados fora

Esse é mais um capítulo da guerra dos motoristas contra a empresa, por questões de pagamento e preocupações sobre a segurança dos motoristas

Avatar

Por Da Redação

25 de fevereiro de 2016 às 14:33 - Atualizado há 4 anos

Os motoristas do Uber estão furiosos nos Estados Unidos depois da queda de preços nas principais cidades. E resolveram que vão ser os donos de seus destinos: lançaram um aplicativo rival que tem as mesmas funcionalidades e funcionamento que o Uber: o Swift.

Esse é mais um capítulo da guerra dos motoristas contra a empresa, por questões de pagamento e preocupações sobre a segurança dos motoristas. Agora, os antigos “parceiros” se tornaram rivais, mostra a Fast Company.

Leia também: 

O Facebook planeja uma mudança radical em um de seus aplicativos
Os aplicativos que a Apple está (realmente) tentando matar
A Microsoft quer roubar o Android do Google… e está conseguindo
O erro número 1 do Habib’s (sim, você não leu errado)

O aplicativo foi feito pela Uber Drivers Network, que está por trás das manifestações em Nova York. Abdoul Diallo, líder da organização, afirmou à revista “Essa é a melhor solução para o nosso problema, sem motoristas, não há Uber. Nos fornecemos os carros e todas as despesas relacionadas com o negócio, a única coisa que ‘eles’ forneciam era o aplicativo. Agora temos os nossos”, afirmou.

A ideia é que cada condutor passa a ter uma participação na empresa. Contudo, ele ainda não sabe como isto vai ser estruturado.

Contudo, outros motoristas devem preferir o Uber: a queda nos preços que iniciou as greves, por exemplo, fizeram com que os motoristas ganhassem cerca de 17% a mais. E enquanto o Uber já é uma plataforma global, ainda não se sabe quando o Swift será lançado e em que cidades ele começará a operar.

Conteúdo Appeando