CittaMobi quer facilitar o dia-a-dia dos usuários eliminando um grande inconveniente

Avatar

Por Isabella Câmara

15 de agosto de 2018 às 13:18 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Viagens excessivamente longas e a demora na espera do transporte são os argumentos principais de quem está deixando o ônibus por outros modais de mobilidade no Brasil. De acordo com a SPTrans, empresa que gere o sistema de transporte público por ônibus em São Paulo, o tempo gasto esperando pelo ônibus foi a principal reclamação registrada nos primeiros seis meses do ano passado na capital paulista – foram cerca de 4.563 queixas por intervalo excessivo entre os coletivos, uma média de 27 por dia. Os números obtidos pela Folha de S. Paulo via Lei de Acesso à Informação, mostram o que os motoristas já sabem: o trânsito carregado impede o cumprimento dos itinerários.

Para ajudar as pessoas a lidarem com esse problema, surgiu, há quatro anos, o CittaMobi. Com o aplicativo, que oferece a previsão de chegada dos ônibus em tempo real e roteiriza as melhores opções de trajeto utilizando transporte público, as pessoas são capazes de se planejar para utilizar seu tempo da forma que mais faz sentido para ela. “Desta forma, o cidadão pode se planejar e não precisa aguardar tanto no ponto de ônibus, problema apontado por 21% dos usuários de transporte público”, explica a empresa.

O grande diferencial do CittaMobi, que hoje já conquistou mais de 6 milhões de usuários em mais de 80 cidades brasileiras, é a capacidade de se relacionar com o cidadão. “Nós fazemos isso por meio de soluções extremamente úteis para o dia a dia das pessoas, e por estar próximo de todos os principais agentes da cidade, cidadãos, prefeituras e secretarias e empresas de mobilidade”, conta um porta-voz da empresa. O modelo deu tão certo que, no decorrer do tempo, surgiu a necessidade de transformar o aplicativo na Plataforma CittaMobi. De acordo com a empresa, essa plataforma é um conjunto de soluções de mobilidade, formada pelo app e soluções web, para empresas de bilhetagem, prefeituras e outras empresas da vertical mobilidade.

Atualmente, além do monitoramento da previsão de chegada do ônibus e da roteirização dos trajetos, o Citta Mobi também vende créditos de bilhete de transporte por meio do CittaPag, com pagamento com cartão de crédito, débito ou Cartão Alelo Mobilidade; disponibiliza vagas de emprego geolocalizadas, permitindo que o cidadão trabalhe perto de sua residência; e faz a ponte entre agentes de segurança pública e cidadãos, permitindo que o cidadão fale sobre a cidade e até mesmo expressem sua opinião via enquetes digitais.

O aplicativo, que é gratuito, monitora hoje mais de 20 mil ônibus no Brasil e mantém sua receita por meio de publicidade no aplicativo e oferta de serviços digitais à empresas. No futuro, o CittaMobi busca marcar uma presença ainda mais forte nas cidades brasileiras, integrando cidadãos, empresas de transporte e órgãos públicos, contribuindo para torná-las smart cities.

O CittaMobi é uma das startups que estão transformando a mobilidade no país e ela estará presente na Startup Village do Mobility Day! Quer saber mais sobre o evento? Acesse o site e inscreva-se!