Grab recebe aporte de US$ 200 milhões da Booking

O aporte financeiro é parte de uma rodada de investimentos, que segundo a startup, quer captar US$ 3 bilhões antes do fim do ano

0
shares

Logo depois de um investimento da Microsoft, a startup de caronas Grab novamente está recebendo capital. Dessa vez, segundo o Techcrunch, ela fechou uma rodada de US$ 200 milhões da Booking Holdings, uma empresa de viagem antigamente conhecida como Priceline.

O investimento é parte de uma rodada em andamento, que segundo a startup, está no caminho para conquistar US$ 3 bilhões antes do fim do ano. Grab já levantou US$ 2 bilhõesincluindo US$ 1 bilhão da Toyota – mas continua a adicionar parceiros estratégicos, como Microsoft e Booking. Em março, a Grab comprou o negócio regional do Uber no sudeste asiático e está avaliada em US$ 11 bilhões.

O acordo com a Booking fará com que as duas empresas se juntem para oferecer serviços recíprocos. Isso fará com que os serviços de transporte da Grab sejam integrados aos aplicativos da Booking, que também aceitará o Grab Pay. Ao mesmo tempo, a Grab disse que os serviços de hospedagem da Booking entrarão em seu aplicativo em 2019, apesar de que os clientes da startup que estejam em “diversos mercados” ganharão recompensas e ofertas antes do fim do ano.

Além do Booking.com e da Agoda, a empresa também opera a Kayak, Priceline.com, Rentacars.com e Open Table.

O acordo faz bastante sentido para ambos os lados, uma vez que serviços de carona são um canal principal para companhias de viagem, já que a opção de agendar um Grab para depois de um voo ou para levá-lo para o hotel é lógica.

A startup começou oferecendo serviço de taxi, mas desde então expandiu para carros privados, motocicletas e uma variedade de serviços não ligados a transporte que incluem pagamentos e delivery de comida. Em adição, a empresa abriu sua plataforma para terceiros no último verão em um esforço de desenvolver um super aplicativo para a crescente população que tem acesso à internet, que já é maior que a população total dos EUA.

Apesar do grande sucesso, depois de tirar o Uber do sudeste asiático não foi tudo tranquilo para a startup. Tanto o Uber quanto o Grab foram multados com US$ 9,5 milhões por terem violado as leis anti-competitividade de Singapura. Além disso, alguns usuários reclamaram de uma qualidade inferior e taxas mais altas de uns meses para cá.

O principal rival da Grab é a indonésia Go-Jek, que pode estar levantando US$ 2 bilhões para suportar uma expansão regional. Go-Jek já foi para o Vietnã e a Tailândia, enquanto que nessa semana abriu inscrições para motoristas em Singapura.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários