Microsoft desiste de projeto para facilitar transportar apps de Android para Windows

Avatar

Por Júlia Miozzo

16 de novembro de 2015 às 12:40 - Atualizado há 5 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Uma ferramenta criada pela Microsoft para facilitar que aplicativos Android rodassem nos smartphones Windows 10 não será mais lançada, segundo confirmação da própria empresa. Divulgada em abril, o chamado Projeto Astoria não será mais lançado.

“A ponte Astoria ainda não está pronta, mas outras ferramentas oferecem ótimas opções para desenvolvedores”, a Microsoft disse em comunicado, completando que ferramentas para desenvolvedores para Web  e iOS já estão disponíveis, e que outra opção será lançada em breve para permitir que antigos programas Windows rodem em celulares e tablets. As informações são do site Recode.

As opções da Microsoft para desenvolvedores iOS e Web pedem um trabalho maior na parte dos criadores de aplicativos, mas também terminam com algo que é mais voltado para o Windows do que qualquer outro sistema operacional. A portabilidade de aplicativos Android para o Windows era considerada “perigosa” pela empresa – baseada em uma experiência que a BlackBerry tinha tido, antes de lançar o Priv. 

A Microsoft tem encontrado problemas para atrair os desenvolvedores de apps devido à sua pequena fatia do mercado de smartphones, mas, com o lançamento do Windows 10, já é possível criar um aplicativo universal que pode rodar em celulares com sistema operacional Windows, tablets, computadores e até mesmo no console do Xbox.