iFood fecha captação de R$ 100 milhões e adquire startup no México

Da Redação

Por Da Redação

20 de julho de 2016 às 18:13 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O iFood realizou uma captação R$ 100 milhões e agora faz parte do controle da startup mexicana SinDelantal, uma das principais empresas de delivery de comidas do país. Assim, o iFood, uma startup 100% brasileira, dá o primeiro passo rumo à internacionalização da companhia.

O investimento foi liderado pela Movile e pela europeia JustEat, maior mercado digital do mundo de delivery online de comida. A empresa usará os recursos para expandir a operação global da plataforma e garantir a sua presença no México por meio da compra de participação do SinDelantal.

O SinDelantal é o maior serviço de delivery de comida do México e havia sido adquirido pela JustEat em fevereiro de 2015. A joint venture entre iFood e JustEat terá 49% da companhia e vão dividir a administração da SinDelantal. “Estamos sempre refletindo sobre a nossa experiência móvel e queremos ser a melhor opção e a maneira mais fácil de pedir comida por smartphones”, afirma Felipe Fioravante, CEO e co-fundador do iFood.

Ele também louva seus parceiros de longo tempo, que ajudaram o iFood a se tornarem um dos nomes mais conhecidos do Brasil – e certamente um dos aplicativos mais usados. “O conhecimento de tecnologia móvel da Movile tem sido essencial para permitir uma experiência de alto nível e nos ajudar a aprimorar o nosso serviço, que é algo que estamos sempre buscando. No primeiro semestre, por exemplo, adquirimos a tecnologia da SpoonRocket para melhorar o nosso backend de logística, com o intuito de otimizar o tempo das entregas e melhorar a experiência não só do consumidor, mas também dos restaurantes”, explica.

Com a aquisição, o iFood agora é líder do mercado tanto no Brasil quanto no México, países que representam cerca de 70% do PIB da América Latina. O iFood já conseguiu mais de 10.000 restaurantes parceiros em sua plataforma e intermediou mais de 1,8 milhão de entregas atualmente, com crescimento de 143% em 2015.  “A expansão do iFood para o México foi uma decisão natural após observamos o sucesso da plataforma no Brasil”, diz David Buttress, CEO da JustEat. “O iFood não só entende bem o mercado local, como tem conhecimento sobre como fazer as coisas funcionarem na tecnologia móvel. Trata-se de uma simbiose bastante positiva, e temos grande interesse em explorar mais esta relação”, acrescenta.

Já Fabricio Bloisi, CEO e fundador da Movile destaca que a ideia do iFood é se tornar cada vez mais um player global no mercado de delivery: “com o crescimento e engajamento que estamos vendo na América Latina, o iFood caminha, a passos largos, para se tornar um player global, assim como a Movile e outros produtos e serviços que oferecemos”, termina.

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]