Grab recebe investimento de US$1,46 bilhão do Softbank

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

6 de março de 2019 às 13:30 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Grab, startup de transporte, entrega de comida e serviços de pagamento de Singapura, acaba de receber um investimento bilionário. A empresa anunciou em um comunicado o aporte de US$1,46 bilhões do Softbank. Segundo a Grab, o investimento será usado para oferecer aos usuários um “super aplicativo”.

O capital eleva a rodada da Série H de investimentos da Grab para mais de US$4,5 bilhões. Em janeiro deste ano, a startup anunciou um aporte de US$ 200 milhões do Central Group, o maior grupo de varejo da Tailândia. Já na Série G, a Grab levantou um investimento de US$2,5 bilhões liderado pela Didi Chuxing, dona da 99.

De acordo com o comunicado, a Grab planeja expandir suas verticais de serviços financeiros e entregas de alimentos e encomendas, além de lançar novos serviços em 2019. O investimento será direcionado, principalmente, para a atuação da empresa na Indonésia, onde já é líder nos serviços de transporte. A startup usará o capital para impulsionar a expansão da GrabFood e da GrabExpress no país.

“Trabalhamos ao lado da Grab há vários anos e temos o privilégio de apoiar a evolução de suas tecnologias direcionadas ao usuário. Este investimento ajudará a empresa a explorar novas e empolgantes oportunidades em mobilidade, entrega e serviços financeiros sob demanda, enquanto continua a expandir sua plataforma em todo o Sudeste Asiático”, disse David Thevenon, diretor geral do SoftBank.