Google investe US$ 60 mi em startup para “resolver maior problema de empresários”

Avatar

Por Júlia Miozzo

6 de abril de 2015 às 11:40 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira, o Google anunciou um investimento de US$ 60 milhões na startup ZenPayroll. Com os investimentos da Emergence Capital Partners, Ribbit Capital, General Catalyst, Kleiner Perking e Google Ventures, o financiamento da startup chega aos US$ 86 milhões.

Segundo o Business Insider, a ZenPayroll oferece um sistema de nuvem que automatiza o cálculo de impostos e pagamento de salário, serviço que já atende a 10.000 pequenas empresas. “Estamos orgulhosos de dar as boas-vindas ao Google Capital. Ele não somente exemplifica o poder da tecnologia para melhorar a vida das pessoas, mas também compartilha nosso maior princípio, de que as pessoas são a parte mais importante de todo o negócio”, disse Joshua Reeves, CEO e cofundador da ZenPayroll.

Tem uma startup e precisa de ajuda? Cadastre-se no StartSe (www.startse.com.br) e fale com investidores, mentores, aceleradoras e fundos de investimento. É gratuito.

Avaliada em US$ 560 milhões, a empresa processa bilhões de dólares em pagamentos anualmente. Ao final de abril, ela passará a atender em todos os Estados norte-americanos. Além da cartela de clientes, o número de empregados também aumentou: no início do ano, eram 60 funcionários, que atualmente totalizam 84 e, ao final do ano, deve chegar aos 300.

“Josh e sua equipe construíram um negócio incrível e um produto que os clientes amam, já que pode resolver um problema gigante para milhões de negócios e empresas”, disse Laela Sturdy, sócia do Google Capital.

A ZenCapital já é famosa entre os maiores CEOs das empresas do Vale do Silício, como Stripe, Evernote, Instagram e WordPress. Ashton Kutcher, Jared Leto e fundadores das empresas de tecnologia incluindo PayPal, Nest, Mint, Twitter e Reddit também investiram nos US$ 20 milhões da primeira rodada da empresa.