Google e outras investem US$100 milhões em startup do mercado financeiro

Serviço de mensagens modificado para traders e gerentes de investimentos também foi apoiado pelo UBS e Société Générale

Avatar

Por Paula Zogbi

13 de outubro de 2015 às 15:29 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – Uma startup de mensagens voltada à indústria financeira acaba de receber US$100 milhões em fundos pelo Google, UBS, Société Générale e outros investidores, na segunda-feira (12).

A Symphony é uma ferramenta de mensagens instantâneas onde os traders podem trocar informações, hashtags e alertas, individualmente ou em grupo, sobre os mercados durante o dia. É uma concorrência direta a um serviço que existe dentro dos terminais Bloomberg, mas com custo mais baixo, de acordo com o site Fortune.

Ao se tornar uma das primeiras empresas de tecnologia a apoiar a startup, o Google mostra mais um sinal da sua tentativa de firmar laços com o público do mercado financeiro. Ruth Porat, diretora financeira da companhia desde maio, trabalhava anteriormente no Morgan Stanley e agora mantém conversas com analistas de Wall Street como representante da gigante de tecnologia.

Criada em 2012, a empresa se chamava Perzo até ser apoiada por 15 das maiores companhias financeiras do mundo, como o JPMorgan Chase, Goldman Sachs, Bank of America e BlackRock, que em 2014 investiram US$66 milhões.

O serviço da Symphony custa US$15 mensais por usuário para companhias com 50 funcionários ou mais. Lançado em setembro, ele já possui mais de 40.000 usuários em 100 países, e foi liberado nos EUA apenas sob a condição de que as conversas sejam gravadas por sete anos, como medida de segurança. Entre os usuários estão Goldman Sachs, Deutsche Bank e Credit Suisse.