GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber para fabricar carros autônomos

As empresas não somente trabalharão juntas não somente nos carros autônomos, mas em carros autônomos que vão operar como veículos de aluguel

Avatar

Por Júlia Miozzo

4 de janeiro de 2016 às 14:25 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – Após a parceria entre o Uber e a Ford para a produção de carros autônomos, é a vez da GM se unir à startup Lyft, concorrente do Uber, também para desenvolver os carros autônomos. A parceria foi anunciada nesta segunda-feira (4), também anunciando um investimento de US$ 500 milhões na Lyft, que acabou de completar uma nova rodada de US$ 1 bilhão em financiamentos.

Segundo o The Verge, o presidente da GM, Dan Ammann, afirmou que o investimento foi feito para sinalizar que as empresas estão juntas para um compromisso à longo prazo. “Existe uma grande mudança no mundo da mobilidade, especialmente no ambiente urbano. Esse investimento é importante, mas mais importante ainda é a aliança estratégia de longo termo”, disse.

As empresas não somente trabalharão juntas não somente nos carros autônomos, mas em carros autônomos que vão operar como veículos de aluguel – ou seja: se colocam no mesmo campo que o Uber, que também está desenvolvendo seu próprio carro autônomo.

Em comunicado oficial, as empresas afirmaram que a parceria vai ajudar a criar “uma rede integrada de veículos autônomos sob demanda que serão parte da vida das pessoas”.

Embora ainda estejam longe de ficarem prontos para circularem nas ruas, a estimativa é de que, já em 2020, serão 20 milhões.

http://www.theverge.com/2016/1/4/10706250/gm-lyft-driverless-cars-ride-sharing-investment