Com quantas Fintechs se faz um banco?

Da Redação

Por Da Redação

4 de junho de 2018 às 08:15 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Você provavelmente já deve ter visto uma foto de uma página de internet de um banco, em que mostra cada produto que ela opera – e todos eles estão sendo atacados por uma fintech diferente. Essa foto é bastante interessante por mostrar uma realidade: os bancos estão sendo atacados em todos os segmentos.

Várias fintechs escolhem um nicho e atacam, para depois – se tudo der certo – atacar outros segmentos dos bancos. Esse é o jeito mais comum de se “montar” fintechs. E que deu muito certo para o Nubank, que vale cerca de US$ 2 bilhões atualmente e é tida como o “exemplo” de fintech do Brasil, já que é a com o maior valor do mercado. Ela começou com um cartão de crédito e hoje já evoluiu para uma conta digital.

Vale destacar, porém, que nem todas as fintechs estão oferecendo serviços em linha com o que os bancos oferecem. É o caso do GuiaBolso, um aplicativo que organiza suas finanças, como se fosse um “excel automático”. Ou a Yubb, que oferece um comparador de investimentos (nas palavras do fundador, um “Buscapé dos investimentos”).

Vamos mostrar isso e muito mais em um evento em São Paulo para 1.500 pessoas, o Fintech Conference, que ocorre nesta quarta-feira (6). Lá debateremos o futuro das fintechs com quem está desenhando, tanto no Brasil, Estados Unidos e China. Está nas últimas vagas, então garanta já sua participação.

Conta Corrente: Neon

Esse talvez seja o “motivo de existência” dos bancos. E é cumprido pelo Neon em parceria com um banco tradicional, o Votorantim. Garante cartão de débito, saques na rede 24 horas e muito mais. Se você não se interessa pelo Neon pelos problemas do passado recente, a alternativa é a Nuconta do Nubank.

Crédito Imobiliário: Bcredi

Quer financiar um imóvel? A Caixa Econômica Federal pode ser campeã disso no Brasil, mas a Bcredi ataca essa frente.

Crédito Automotivo: Cred.fit

O mesmo vale para o crédito para a compra de automóveis, onde a Cred.fit é um dos nomes que se destacam. É um crédito menos complicado que o imobiliário, então é capaz de você encontrar alternativas.

Crédito Consignado: Geru

Sabe aquele crédito que vem já descontado na sua folha salarial? É tido como menos arriscado, tem juros menores e é a grande novidade dos últimos anos. Pois é, para esse segmento há a Geru.

Crédito com Garantias: Creditas

Já o crédito com garantias pode ser conseguido com a Creditas, o que reduz os juros de maneira significativa. Coisa que teu banco não vai curtir muito de saber…

Corretor de Seguros: Bidu

Se é seguros que você busca, vá atrás da Bidu. Ela fará todo o processo de buscar uma seguradora para você. Outra alternativa? A Youse, mas essa é da Caixa Seguradora.

Cartão de Crédito: Nubank

A menina dos olhos do mercado de fintech do Brasil! O Nubank é um unicórnio de US$ 2 bilhões, mas não sem nenhum motivo. O cartão de crédito do Nubank é completamente sem nenhum tipo de anuidade, você só paga o programa de fidelidade (se você quiser). É um cartão Mastercard, então você também tem o benefício do Mastercard Surpreenda. Além disso, o aplicativo é sensacional e te ajuda MUITO a se manter na linha. Não seria surpreendente se a empresa, muito em breve, tivesse todos os produtos desta lista.

Investimentos: Warren

Transferir dinheiro, fechar os olhos e deixá-lo render. É basicamente isso que você precisa para começar a investir seu dinheiro com a Warren. É muito mais simples que qualquer banco e provavelmente mais lucrativo também, já que ninguém vai tentar te empurrar um título de capitalização (que, diga-se de passagem, não é investimento nem aqui nem na China).

Pagamentos: 4all

Alguns bancos oferecem serviços de pagamento. Nenhum deles é tão revolucionário quanto o 4All, que permite que os usuários paguem através de seus celulares. Muito parecido com o WeChat chinês, a expectativa da 4all é virar um superaplicativo capaz de tudo (daí seu nome ser… 4all!).

Previdência: Ciclic

Quer começar a planejar a aposentadoria através de um serviço de previdência privada? Use os serviços da Ciclic, muito provavelmente melhores do que os bancos e suas taxas.

Baixe já o aplicativo da StartSe no iOS ou no Android