Coinbase atinge valor de mercado de US$ 8 bilhões

Rodada de investimentos capitaliza a empresa cuja estratégia agora é promover a adoção de criptomoedas e outros ativos digitais em novos mercados, além dos Estados Unidos

Avatar

Por Isabela Borrelli

30 de outubro de 2018 às 11:06 - Atualizado há 1 ano

Mesmo em um mercado que não está tão em alta, investidores ainda apostam em criptomoedas. A prova disso é a corretora Coinbase, que fechou uma nova rodada de investimentos de US$ 300 milhões, e agora está avaliada em US$ 8 bilhões.

A rodada teve o objetivo de acelerar a adoção de criptomoedas e outros ativos digitais e contou com a liderança da Tiger Global, assim como participação do fundo de continuação da Y Combinator, Wellington Management Andreessen Horowitz e Polychain, entre outros.

O acordo faz com que a Coinbase acumule US$ 525 milhões de investimento até agora, enquanto o seu valor de mercado dá um salto enorme em relação ao anterior – no caso, US$ 1,6 bilhão, atingido depois que a empresa levantou US$ 100 milhões em agosto de 2017.

A Coinbase investiu fortemente para ter mais ofertas de serviços para os consumidores vale lembrar que ela comprou a Earn.com, uma empresa norte-americana que permite que os usuários recebam pagamentos em bitcoin quando respondem e-mails ou concluem determinadas tarefas, há seis meses. O plano no momento é continuar com essa estratégia.

A Coinbase também quer oferecer serviços de câmbio de fiat para cripto não só nos EUA, mas em outras partes do mundo. A fiat é a moeda legal de qualquer país em que é impressa e emitida pelo governo e o Banco Central. Esse foco está de acordo com outros câmbios, como a Binance, a maior casa de câmbio do mundo baseada em trading, que tem planos de abrir pelo menos 10 câmbios de fiat para cripto ao redor do mundo até o fim do ano que vem.

O capital recebido pela Coinbase também será investido em mais tokens, pois apesar da startup ter uma oferta variada de criptomoedas, ela sempre deixou claro a ambição de expandir para além delas. Em depoimento para o Techcrunch, o CEO Brian Armstrong revelou que acredita que a Coinbase pode hospedar centenas de tokens em anos e talvez até milhões no futuro.

Para saber mais sobre o futuro das moedas e entender como a tecnologia blockchain pode impactar os mais diversos setores, não perca o Cripto & Blockchain Day 2018, evento promovido pela StartSe em São Paulo!