Fintechs do Fintouch: Nexoos oferece plataforma de empréstimos peer-to-peer

Avatar

Por Lucas Bicudo

7 de agosto de 2017 às 17:51 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Nexoos (confira seu perfil no StartSe) é uma fintech que oferece plataforma de empréstimos e investimentos coletivos.

“A Nexoos utiliza tecnologia e inteligência artificial para otimizar o processo de análise de crédito. Dessa forma conseguimos taxas mais atraentes para empresários e investidores”, comenta o CTO Murilo Bássora.

Há dois anos e meio, o empresário Jorge Leonardo da Silva Vieira abriu um berçário em São Paulo para poder ficar mais perto de sua filha, Pietra. “O negócio foi dando certo e peguei um empréstimo para fazer uma ampliação e aumentar o número de crianças”. Os altos juros da dívida contraída, no entanto, acabaram tornando o que era para ser um impulso para a empresa em um peso nas finanças do negócio, que acabou ficando descapitalizado.

Jorge não é um caso isolado. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), as micro e pequenas empresas vêm sofrendo com queda em seus faturamentos reais por quase dois anos.

“O Peer to Peer elimina a necessidade de um banco tradicional, e faz com que o empreendedor tenha acesso a taxas de juros até 70% menores”, explica o CEO Daniel Gomes.

O ano de 2017 começa a ver uma leve recuperação do setor. Em janeiro, as micro e pequenas empresas paulistas exibiram alta de 3,9% no faturamento comparado ao mesmo período do ano anterior. No entanto, setores importantes para a economia como a indústria e comércio ainda amargam quedas de, respectivamente, 6,2% e 2% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Neste cenário, muitas empresas acabam se endividando de forma não saudável. De acordo com pesquisa feita pelo Cemec (Centro de Estudos do Instituto Ibmec), 48,7% das 256 empresas analisadas não conseguiram gerar caixa suficiente para cobrir seus gastos no terceiro trimestre do ano passado.

Não é só o mal desempenho da economia que tem contribuído para o endividamento do empresário brasileiro. As altas taxas de juros praticadas pelo sistema bancário tradicional também contribuem para esse desempenho negativo.

De acordo com relatório do grupo financeiro Goldman Sachs, o Brasil tem o terceiro maior spread bancário – a diferença entre a taxa de juros que o tomador paga e a que o investidor recebe – do mundo. Essa porcentagem é de onde o banco tira seu lucro. Um spread bancário alto é em geral justificado como uma forma de mitigar a inadimplência. Só que de acordo com o Banco Mundial, o país está em 72 lugar em inadimplência.

A startup surge para combater esse cenário. Uma forma desse reconhecimento internacional é o BBVA Fintech Awards, premiação do setor que elege anualmente as melhores fintechs do mundo em diversas categorias.

Este ano a Nexoos foi a única brasileira a ser selecionada como finalista na categoria Inteligência Artificial. Hoje mais de 90% do processo de análise de crédito da startup é automático. Uma das estratégias usadas é o uso de fontes de dados alternativas.

“Usamos dados de consultas automatizadas aos bureaus de crédito, pré-análise automática, e até avaliações de redes sociais. O BBVA é o prêmio mais importante do setor. Estamos muito felizes pelo reconhecimento, pela oportunidade de entrar em contato com startups inovadoras do mundo inteiro e por representar o Brasil nessa competição de prestígio internacional”, finalizam Murilo e Daniel.

A Nexoos é uma das que terão estandes na maior conferência de fintechs do Brasil – uma co-realização entre o StartSe e a ABFintechs. Você pode conhecer mais detalhes sobre a feira (e garantir sua participação) através deste link. Não perca a oportunidade de participar!

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]