Fintech alemã SumUp vai investir R$ 500 milhões em operação no Brasil

João Ortega

Por João Ortega

17 de julho de 2019 às 11:37 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A SumUp, fintech alemã com soluções para pagamentos, levantou € 330 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão) em uma rodada de investimentos. Com o aporte, a empresa pretende crescer a área de desenvolvimento de produtos e adquirir empresas complementares ao seu negócio. Entretanto, R$ 500 milhões devem ser destinados à operação brasileira, um dos três principais mercados da fintech (além de Alemanha e EUA), que tem escritório em São Paulo. As informações são da Exame.

O plano da empresa é contratar cerca de 100 funcionários no Brasil, especialmente nas áreas de tecnologia e engenharia de produtos. Hoje, a SumUp tem cerca de 700 colaboradores e uma receita anual de R$ 250 milhões no país. “Planejamos acelerar o crescimento da base de clientes, aumentar o portfólio de produtos oferecidos e realizar novas fusões e aquisições”, afirma Igor Marchesini, fundador e líder global de crescimento da startup.

A SumUp tem máquinas de cartão de crédito e débito voltadas a micro e pequenos negócios. Apesar do grande número de empresas com produtos semelhantes no Brasil, Marchesini vê o pagamento em dinheiro como principal “concorrência”. “Nosso maior competidor no Brasil ainda é o dinheiro, pois 70% das transações ainda são feitas em espécie e oferecemos soluções digitais. Mais do que competir com grandes players, temos que nos preparar para mudar esse comportamento e ajudar aqueles que não aceitam cartão passarem a aceitar”, explica o executivo.

Outro plano da startup, a partir do aporte bilionário, é chegar a outros mercados latino-americanos. Ainda de acordo com a Exame, a Argentina deve ser o primeiro local da expansão.

Mesmo antes do aporte, a SumUp já tinha diversas vagas de emprego em várias áreas no escritório de São Paulo. Acompanhe as posições abertas na área de carreira do site da fintech.