Fintech Contabilizei recebe investimento de R$ 75 mi

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

15 de janeiro de 2019 às 12:10 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Contabilizei, fintech de contabilidade para empresas, com sede em Curitiba, no Paraná, recebeu R$ 75 milhões de investimentos. Fundada por Vitor Torres e Fabio Bacarin, a empresa é uma espécie de escritório de contabilidade online, focada em micro e pequenas empresas.

A primeira rodada de investimentos da startup, feita em 2013, foi liderada pela Curitiba Angels. A nova rodada foi liderada pela Point72 Ventures, fundo de capital de risco norte-americano. Essa é a primeira vez que o fundo investe no país.

O investimento também contou com novos e investidores já existentes. Entre os novos investidores, estão o Financial Corp., Quona Capital, Quadrant e o Fintech Colletive. Já os fundos que voltaram a investir são Kaszek Ventures, e.Bricks, Endeavor Catalyst e Curitiba Angels.

O valor de R$ 75 milhões será utilizado para investir nos negócios da Contabilizei. Um dos objetivos da startup é ampliar o quadro de executivos, aumentando sua atração de talentos.

Atualmente, a Contabilizei conta com mais de 10 mil clientes em todo o Brasil. A operação é realizada por 200 funcionários distribuídos em escritórios em Curitiba e São Paulo. Para o futuro, a expectativa é de crescer 15 vezes em três anos.

A missão da fintech é de descomplicar a contabilidade para pequenas e médias empresas no país. Dessa forma, ela possui diferentes planos de assinatura que vai de acordo com as necessidades de cada perfil de empresa. Existem opções para quem quer abrir uma empresa com o auxílio da Contabilizei — nesse caso, o plano é gratuito — até para empresas de serviços ou de comércio.

“Nosso objetivo é simplificar a rotina do empresário para que ele possa focar no próprio negócio e não em burocracia”, afirma Vitor Torres, fundador e presidente-executivo da Contabilizei.

Agora, segundo o TechCrunch, a fintech brasileira está recebendo propostas de aquisições e mira uma abertura de capital nos Estados Unidos.

Matéria atualizada às 13h15 com mais informações sobre o destino do investimento.