Com nova rodada de investimento, Brex pode valer US$2 bilhões

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

31 de Maio de 2019 às 07:31 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Com apenas dois anos de vida, a Brex, fintech fundada pelos brasileiros Henrique Dubugras e Pedro Franceschi, estaria próxima de garantir uma nova rodada de financiamento que valorizaria a empresa em US$ 2 bilhões. A notícia surge pouco tempo depois da startup levantar US$ 100 em uma rodada de débito financiada pelo Barclays Investment Bank.

De acordo com a Bloomberg, as novas negociações ainda estão em andamento, e os detalhes podem mudar. A empresa de capital de risco Kleiner Perkins deve liderar a rodada, além de outros participantes como Greenoaks Capital, DST Global e IVP. A startup e as empresas envolvidas não confirmaram a notícia.

No ano passado, a Brex conquistou o título de unicórnio, atingindo um valor de mercado de US$ 1 bilhão. A fintech oferece para startups de todos os portes um cartão corporativo com limites mais altos, automatização e gerenciamento de despesas e outras funcionalidades. Para o futuro, ela deseja lançar uma versão para empresas de grande porte.

No início do ano, depois da Brex levantar US$ 125 milhões, Henrique Dubugras afirmou que a empresa está trabalhando para desenvolver uma tecnologia para financiar outros empreendimentos, aprimorar os recursos atuais e lançar um modelo de crédito baseado em recompensas.