Fintech alemã N26 virá para o Brasil para aumentar a confiança nos bancos

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

23 de outubro de 2019 às 15:33 - Atualizado há 10 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A N26, fintech alemã de contas digitais, prepara o início de sua operação no Brasil. A empresa opera em mais de 26 países e possui o slogan de “O primeiro banco que você irá amar”. Para Eduardo Prota, líder de operações no país, a missão do N26 é de aumentar a confiança nos bancos. Ele esteve no evento Innovation Pay, em São Paulo, onde falou sobre o mercado bancário brasileiro.

“Será que o banco pensa nos nossos interesses quando nos empurra uma tarifa sem avisar?”, questiona Prota. O novo banco chegará no Brasil focando nos millenials, geração dos nascidos na década de 1980 e que possui grande afinidade com serviços digitais. “Temos uma ótima concorrência aqui, mas traremos uma grande experiência em mobile banking”, afirma.

A fintech hoje segue em um período de adaptação no país. “Nenhum outro lugar do mundo tem boleto, passei meses explicando [aos N26 de outros países] o que é. Cada país se adaptou a uma realidade. Na Europa, por exemplo, a taxa de juros é de 0% – o comportamento de compra e crédito é bem diferente”, explicou Eduardo.

Na Europa, a empresa possui um grande valor para quem viaja constantemente, oferecendo zero taxas para transações internacionais. “A N26 passou a ser recomendada inclusive para brasileiros que estão indo para a Europa”, comentou Prota. No entanto, em terras tupiniquins, a fintech alemã não deseja ser um banco focado em viagens, mas fazer parte da rotina diária dos brasileiros.

Recentemente, o banco digital inaugurou sua atuação nos Estados Unidos e Suíça. A expansão internacional tem sido alimentada por um investimento de US$ 170 milhões recebido em julho deste ano. O aporte avaliou a startup em US$ 3,5 bilhões e é uma extensão de uma rodada série D de US$ 300 milhões realizada em janeiro.

Conheça os dois próximos eventos da StartSe para quem quer redefinir o futuro:
Inteligência Aritificial Conference
Silicon Valley Conference