Esse “monstro das Estradas” quer fazer com carros o que a Apple fez com celulares

Nada mais apropriado para as duas empresas darem o nome para empresas inovadoras na produção de carros elétricos

Avatar

Por Da Redação

5 de janeiro de 2016 às 12:08 - Atualizado há 4 anos

Inventor da corrente alternada (e de outras tantas invenções), o sérvio Nikola Tesla tinha um “cientista” como herói no início da sua carreira. Era o inglês Michael Faraday, no século XIX havia sido o primeiro a produzir um motor elétrico e um dínamo, produzir uma corrente elétrica através de um campo magnético, entre outras coisas. Hoje, Tesla e Faraday estão entre os grandes nomes dos responsáveis pela energia elétrica.

Nada mais apropriado para as duas empresas darem o nome para empresas inovadoras na produção de carros elétricos. A Tesla, que tem mais de dez anos de vida, hoje é uma gigante com valor de mercado muito superior a algumas das maiores montadoras do mundo, como Peugeot e Fiat-Chrysler. A Faraday, porém, acaba de surgir… prometendo fazer bastante barulho. 

Esse carro que ilustra a matéria é o primeiro modelo da empresa, o FFZERO1, que foi anunciado nesta segunda-feira (4) em um evento em Las Vegas e que tem mais de 1.000 cavalos de potência. A ideia da Faraday Future com o FFZERO1? “Mudar a mobilidade urbana da mesma forma que a Apple mudou o celular”. Um plano grande, mas que já está sendo colocado em execução por outras empresas, como a Tesla.

Origem semelhante
Pouca gente se lembra, mas a Tesla também começou produzindo carros esportivos fantásticos. Hoje, está produzindo seus primeiros carros para as massas. Talvez seja esse o caminho para a empresa, que nem pretende colocar o FFZERO1 em produção em série – ele, no momento, é um carro para ser pouco produzido e demonstrar as tecnologias da empresa, como o motor, bateria e plataforma. 

No momento, trata-se de desenvolver tecnologias e popularizar conceitos – tanto que a Tesla, algum tempo atrás, liberou o uso de todas as suas patentes para seus concorrentes. Alguns dos elementos de design da Faraday, porém, serão utilizados em futuros carros da Faraday, ou seja, todos eles deverão ter essa cara futurística. 

Um dos pontos interessantes da Faraday é a sua VPA (Arquitetura variável de plataforma), que juntamente com sua bateria modular e a tecnologia de chassis, permite construir carros diferentes na mesma plataforma – e facilitar o desenvolvimento dos carros. 

A Faraday Future quer chegar ao ponto de ser uma concorrente séria para a Tesla e ajudar a popularizar duas tecnologias muito promissoras para o futuro: carros elétricos e autônomos. E com o sucesso, fazer o nome do cientista ainda mais famoso no mundo. Agora resta saber quem vai fundar a Edison. 

Faraday Future II