Empresa cresce 1.457% em 5 anos e tem que contratar valet para funcionários

Da Redação

Por Da Redação

29 de dezembro de 2015 às 17:20 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Elon Musk é o empreendedor mais admirado no mundo de startups no momento. Idealizador da SpaceX, CEO da Tesla e da Solar City, o sul-africano é tido como “novo Steve Jobs” e tudo que toca parece ser um produto inovador e interessante. 

Não é a toa que a Tesla, sua empresa de automóveis, já vale mais do que rivais que produzem 100 vezes mais carros, como a Fiat. O crescimento do número de funcionários foi tão grande nos últimos cinco anos que a empresa precisou contratar um serviço de valets para acodomodar todos em suas instalações. 

A grande maioria dos funcionários chega no serviço de carro, e como a sua sede tem um número limitado de vagas, foi necessário a contratação de um serviço de valet – de acordo com o Wall Street Journal

A empresa tinha 899 funcionários em 2010 e agora tem 14.000. Há 1.600 vagas abertas e outros 4.500 deverão ser contratoados nos próximos anos – tanta gente que a empresa teve que mudar parte de suas funções para a sua fábrica antiga, em Fremont.

A Gigafactory, no estado americano do Nevada, deverá solucionar de vez o problema de espaço para a empresa, embora Elon Musk ainda tenha o desejo de construir uma grande sede para a empresa na Califórnia.