Edtech com plataforma de aprendizado recebe aporte de US$ 19,1 milhões

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

20 de fevereiro de 2018 às 19:08 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A startup de educação – edtech – Kidaptive recebeu US$ 19,1 milhões em uma rodada de investimentos série C liderada pela Formation 8 e Woongjin ThinkBig. A startup é focada em criar experiências de aprendizados diferenciadas para pessoas de todas as idades, inclusive para crianças.

A edtech utilizará o investimento para desenvolver e estimular o crescimento de sua plataforma de aprendizado adaptado (“ALP”) voltado para o mercado global de educação. A Kidaptive pretende criar ferramentas como análise para dar insights do aprendizado para pais, responsáveis e professores, utilizando inteligência artificial.

“Big data para o aprendizado está finalmente decolando graças aos esforços de esforços pioneiros nesta área. Nossas parcerias estão aumentando à medida que as empresas percebem que devem dar significados contextuais aos dados e criar experiências personalizadas aos seus aprendizes”, afirmou P.J. Gunsagar, CEO da startup.

A plataforma da Kidaptive é capaz de perceber aspectos relevantes do perfil de cada usuário para ajudar a personalizar a experiência de aprendizado. O desempenho do aluno também é analisado.

Mesmo localizada na nuvem, a plataforma da startup traz informações relevantes da vida real. A intenção é que crianças discutam o que viram na plataforma com os pais, por exemplo, para fixar o aprendizado.

A edtech foi criada em 2012 e, no início, trazia em seu modelo de negócios aplicativos educacionais e gamificados para crianças. As crianças aprendiam mais sobre matemática, funções sociais e cognitivas através de storytelling, animações e quebra-cabeças. Agora, seu modelo de negócios evoluiu para uma plataforma unificada de aprendizado, voltada não apenas para as crianças, mas para a educação do público em geral.

A Kidaptive possui projetos em andamento na Índia, China e nos Estados Unidos. Nos Estados Unidos, a edtech está atuando em conjunto com o governo do país e a PBS Kids em uma parceria de US$ 100 milhões para a criação, em cinco anos, de um ecossistema personalizado de aprendizado.

“Nossa habilidade de realizar as questões certas na hora certa por entendermos quem é o aluno e trazer insights oportunos é única. Assim como o Facebook criou um gráfico social e o LinkedIn possui um gráfico profissional, nosso objetivo é criar um gráfico de aprendizado”, disse o CEO da startup.

Hoje, a educação possui ainda mais potencial quando aliada com a tecnologia. Processos de aprendizado que poderiam se tornar maçantes passam a ser mais intuitivos, interessantes e até mais eficazes quando combinados com tecnologias como gamificação, por exemplo. Para conhecer com os principais players do mercado como a educação está sendo revolucionada pela tecnologia, participe da EdTech Conference.

(Via TechCrunch)

[php snippet=5]