DogHero recebe aporte de US$ 7 mi de startup do mesmo negócio

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

20 de março de 2019 às 15:51 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A DogHero, startup brasileira de hospedagem e passeio com cachorros, recebeu um aporte de US$ 7 milhões da Rover, um marketplace de serviços para animais. Esse é o primeiro investimento da startup dos Estados Unidos em uma empresa da América Latina.

A DogHero e a Rover possuem modelos de negócios semelhantes, a diferença reside principalmente no tamanho da operação. Criada em 2011, a Rover foi uma das inspirações para a fundação da DogHero em 2014 por Eduardo Baer e Fernando Gadotti.

A Rover está disponível em mais de 14 mil cidades, tendo expandido recentemente sua operação para a Europa. Já a DogHero está disponível em 750 cidades distribuídas no Brasil, Argentina e México, concentrando uma boa parte do mercado da América Latina.

Segundo a GeekWire, a relação da DogHero e Rover não é nova: as empresas já haviam estabelecido uma “amizade”, inclusive com os líderes da DogHero tendo visitado o escritório da Roven em Seattle algumas vezes.

O futuro da DogHero

O aporte será utilizado para a DogHero expandir e fortalecer sua atuação na América Latina. Recentemente, além do investimento, a startup ganhou um reforço: uma parceria com a Rappi. Agora, será possível pedir por passeios da DogHero diretamente pelo aplicativo.

Para a DogHero, essa é uma forma de encontrar ainda mais clientes e, para a Rappi, de se tornar um super aplicativo.