Didi muda (e assume) o comando da 99 no Brasil após meses de aquisição

Avatar

Por Isabella Câmara

26 de abril de 2018 às 16:00 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A 99, que em janeiro foi vendida para a chinesa Didi, anunciou que Peter Fernandez não é mais o seu CEO. Quase quatro meses após a venda, Tony Qiu, que recentemente supervisionou os negócios de luxo da Didi, assumirá o cargo. Antes de ingressar na Didi, Qiu passou pelo Morgan Stanley, JP Morgan e até pela Bain Capital.

De acordo com Qiu, os recursos da Didi ajudarão a 99 a melhorar a experiência dos seus usuários. “A 99 está em um momento extraordinário para o crescimento futuro”, disse ele em um comunicado para a imprensa. “A equipe da 99 tem experiência no atendimento às comunidades locais e suas necessidades de transporte. Com o apoio sólido e os recursos da Didi, continuaremos inovando e melhorando a vida de milhões de brasileiros com opções de transporte mais rápidas, seguras e acessíveis”, diz.

Outra mudança anunciada pela empresa recentemente, é que Matheus Moraes, até então chefe de política, jurídico e comunicações da 99, se tornou o presidente da empresa e supervisionará as operações diárias do serviço. Essa mudança de liderança acontece apenas alguns dias depois que a Didi lançou seu serviço de atendimento itinerante no México – o país é a primeira expansão orgânica da Didi em outros mercados.

Mas Peter Fernandez não se desligará completamente da empresa, agora o executivo atuará na 99 como consultor estratégico. Antes de se tornar CEO, Fernandez atuou como diretor de produtos da 99 por quase um ano. Além disso, Peter Fernandez também trabalhou no Google por cerca de cinco anos, onde foi Head of Youtube / Brand Customer Solutions & Innovations LATAM.

A China é o maior parceiro comercial do Brasil e o país está disposto a investir na Nova Economia brasileira. Quer saber mais sobre a China? Faça uma imersão no ecossistema empreendedor do país em nosso e-book gratuito.

[php snippet=5]

(Via: TechCrunch)