“É preciso trabalhar junto, saber colaborar de verdade”, defende diretora de inovação da AG

Avatar

Por Isabela Borrelli

22 de fevereiro de 2018 às 11:40 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Gláucia Alves, diretora de Excelência e Inovação, e Clarisse Gomes, coordenadora de Inovação, ambas da AG, subiram no palco do Construtech Conference para falar sobre os programas Vetor A2G e o Digital Day.

Brincando com a sigla da empresa, o nome do programa Vetor A2G faz referência à expressão em inglês “All Together” (tradução livre: todos juntos), que resume de certa forma o viés do programa: “A gente precisa inovar com o ecossistema. Fomos criados em um mercado de posse, onde comprávamos os concorrentes, mas hoje não são uma ou duas startups, são várias! É preciso trabalhar junto, saber colaborar de verdade”, defende a diretora de Excelência e Inovação.

Para tornar isso possível, a especialista acredita que as empresas devem seguir quatro pilares principais:

  • Estratégia: ter inovação no core estratégico da empresa. O que espero da inovação?
  • Processos: estruturação dos diversos programas de fomento. Como fomentar a inovação?
  • Pessoas: desenvolvimento de skills, relacionamentos, conexões, parcerias, etc. Quais as skills necessárias?
  • Ecossistema: atuação como agente de mudanças no mercado, fomentando inovações. Como mudar o mundo?

Com esses pilares em vista, a AG criou o programa de aceleração Vetor A2G, com duração de até 5 meses, acesso a mentorias e a oportunidade de testar o piloto da solução em escala real em grandes obras da AG.

Além dele, a AG também criou o Digital Day, programa de posicionamento e inovação aberta. O objetivo do dele é propor desafios reais da empresa, os quais as startups candidatas se proporiam a resolver. Na primeira edição, por exemplo, o Digital Day fez uma chamada global para desafios do projeto de linha de transmissão e uma das soluções foi um cabo guia com drone, que não precisa desmatar, uma vez que tudo é feito por via aérea.

[php snippet=5]