Como construir uma startup de sucesso fora do Vale do Silício (e outros grandes polos)

Avatar

Por Juliana Américo

12 de fevereiro de 2015 às 14:10 - Atualizado há 6 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

SÃO PAULO – O mundo das startups está evoluindo diariamente. Até poucos anos atrás, era muito difícil conseguir investidores anjos, aceleradoras e germinadoras que apoiassem as ideias de jovens empreendedores.

De acordo com o site Inc., isso ampliou o mercado e permitiu que empresas de locais esquecidos pelos grandes polos tivessem uma oportunidade. Tanto que a vice presidente da  Adknowledge, Anita Newton, prega que a inicialização pode ser melhor fora dos grandes centros, como o Vale do Silício, na Califórnia, e Nova York. As vantagens são os custos baixos e um maior destaque quando o assunto é talento.

Um exemplo é o OpiaTalk, um e-commerce criado pelo empreendedor Tom Popomaronis em Baltimore, no estado de Maryland. Depois de um determinado número de acessos, a página libera uma promoção de 15 minutos; isso ajuda a manter os usuários no e-commerce.

A empresa tem tido um sucesso considerável, sendo que já fechou um financiamento de US$ 1 milhão e está negociando outro de US$ 1,5 milhão. E, claro, eles estão fazendo tudo isso do lado de fora dos principais polos econômicos.

Popomaronis conta que nasceu e cresceu em Maryland, e por mais que ele tenha considerado em levar sua empresa para uma cidade maior, ele ainda acha mais vantajoso se manter em Baltimor. “Há algo atraente em ser um ‘peixe grande’ em um ‘lago pequeno’”, afirma.

Além disso, ele afirma que quer incentivar o cenário tecnológico do local. “Há um monte de talentos locais e nós queremos provar que é possível se tornar grande mesmo não estando em Nova York ou no Valley. Baltimore é ferozmente emergente, e nós gostamos de fazer parte disso.”

O empresário dá três conselhos para quem quer ver o negócio crescer longe das grandes cidades:

1- Conecte-se
Mantenha contato com as pessoas mais importantes do seu setor. Tom utilizou o LinkedIn e até conseguiu contratar pessoas como conselheiras da empresa pela rede.

2- Desenvolva uma estratégia de conteúdo
“Nós trabalhamos duro para utilizar plataforma de publicação do LinkedIn para colocar um conteúdo relevante e de alta qualidade”, afirma. Com isso, os artigos já foram visualizados milhares de vezes e a OpiaTalk tem uma boa relação coms os leitores e potenciais consumidores.

3- Seja criativo

No lado das vendas, use a criatividade. O diretor de vendas da companhia, Dave Chifre, por exemplo, aproveita o humor e coloca fotos de si mesmo interagindo com um logotipo da marca; além de incluir vários questionários. É divertido e evoca uma reação emocional.