Clube de assinatura: produto pro teu gosto, pro teu jeito

Da Redação

Por Da Redação

16 de agosto de 2016 às 12:05 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A ideia dos clubes de assinaturas chegou ao Brasil em 2011, seguindo o modelo das assinaturas de revista. Desde então, esse tipo de negócio ganhou espaço e conquistou clientes, oferecendo produtos dos mais variados segmentos na praticidade do lar, com pedidos on-line e pagamentos mensais. Mas diante de tanta oferta e consumidores mais exigentes, é preciso ser original e garantir qualidade para que eles fiquem satisfeitos e se mantenham fieis ao serviço.

“Fanáticos por comidas, estávamos cansados das mesmas opções de snacks quando íamos ao supermercado. Foi assim que começamos a produzir nossas próprias receitas”, conta Alberto Sasaki, que criou a Best Berry, clube de assinatura de lanchinhos saudáveis, segmento em alta. Mas além do cuidado na elaboração de produtos originais, a Best Berry se preocupa com sabor e saúde. “Nossos alimentos não contêm corante, conservante ou qualquer tipo de ‘ante’, xarope de glucose e gordura hidrogenada”, diz Sasaki.

Nesse mercado ganha também quem deixa o cliente à vontade para fazer suas escolhas, de acordo com seu bolso, seus gostos e suas necessidades. A Best Berry, por exemplo, oferece planos diferenciados com 10 snacks (composto por cinco receitas diferentes – dois saquinhos de cada) e 18 snacks (composto por seis receitas diferentes, três saquinhos de cada), sendo possível também escolher entre os sabores preferidos do consumidor para a montagem da caixa. “Cada snack vem com uma porção diária de 20-40 gramas. Quanto mais receitas forem adicionadas, maior será a variedade da sua box”, explica Sasaki. Você precisa de alimentos integrais, orgânicos, veganos ou sem glúten? Não há com que se preocupar: essas opções também estão lá.

Atentos ao comportamento dos clientes e com produtos customizados e de qualidade, os clubes de assinaturas têm tudo para continuar crescendo.

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]
[php snippet=9]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook! Lá poderemos debater tecnologia, inovação, startups, empreendedorismo e criar um ambiente saudável de troca de opiniões e networking!