CleanCloud oferece plataforma de gerenciamento em nuvem

Avatar

Por Lucas Bicudo

24 de agosto de 2017 às 18:11 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A CleanCloud (confira seu perfil no StartSe) oferece uma plataforma de gerenciamento de computação em nuvem para usuários da Amazon Web Services. Uma das principais ferramentas oferecidas chama-se insights, uma espécie de “consultoria automatizada”, que faz recomendações diárias e parametrizáveis para o usuário melhorar a segurança, performance e reduzir custos de seus processos.

“Sou formado em direito e trabalhei alguns anos na área, mas nunca me encantei. Sentia falta de estar na linha de frente dos projetos que trabalhava. Com isso em 2012 abandonei a profissão e comecei a empreender. Tive uma importadora de aditivo agrícola e sou sócio de um laboratório de genética. Em 2015 um amigo estava organizando uma edição do Startup Weekend e fui conhecer. Foi quando um rapaz subiu no palco e contou sua experiência. Trabalhava em uma fábrica de software e sua função era administrar a nuvem AWS de grandes clientes norte-americanos; quando o gasto de uma dessas contas ultrapassou USD 100 mil/mês, foi designado a estudar AWS e com pequenas melhorias geraram uma economia de 30% em menos de um mês, que chegou a quase 40% ao fim de 3 meses. Fiquei intrigado pela ideia: Se uma grande empresa em um país desenvolvido tem esse problema, e em mercados em desenvolvimento? E pequenas empresas? E startups? Desta forma um tanto quanto inusitada surgiu a CleanCloud”, começa o CEO Henrique Vaz.

A Clean Cloud atende desde pequenos clientes, especialmente ligados à parceiros nacionais, como Endeavor e Liga Ventures, e internacionais como a SOSV e Startup Bootcamp, quanto ao mercado enterprise, formado por grandes usuários de nuvem e empresas de consultoria em computação em nuvem.

“Oferecemos uma gama de informações de custo e métricas para melhorar a gestão dos gastos e uso da nuvem AWS. Para isso, oferecemos dashboards customizáveis, alertas, relatórios e uma visão 2D única da arquitetura, inteligência, com uma consultoria automatizada, em que mais de 50 itens parametrizáveis são analisados diariamente e trazem recomendações para aumentar a segurança, otimizar performance e reduzir custos – como se tivesse um especialista em nuvem ao seu lado, todos os dias! Além disso, precisamos apenas de uma integração de de leitura com a nuvem do cliente, ou seja, não há riscos da nuvem ser invadida ou alterada devido ao uso da CleanCloud, o que facilita bastante a abordagem com grandes empresas”, continua.

O mercado IaaS, que são as empresas que fornecem a infraestrutura na nuvem para que seja feito o processamento ou armazenamento dos dados, como AWS, Microsoft Azure e Google Cloud Platform, é de quase US$ 50 bi, com um crescimento de mais de 50% ao ano e especialistas apontam um potencial de US$ 300 bi.

“Em 2017 nossa receita tem crescido 20% ao mês e hoje já temos clientes que combinados gastam mais de US$ 1 milhão em nuvem AWS. As principais metas são atingir US$ 2 milhões de nuvem monitorada (o total gasto por nossos clientes em sua nuvem) e integrar com um segundo provedor de nuvem”.

A startup recebeu investimentos da Bossa Nova Investimentos em julho de 2016. Agora está pronta para captar uma nova rodada. “Já estamos com conversas adiantadas com alguns investidores anjo, inclusive já assinamos alguns, e devemos finalizar o processo logo”.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]