CEO do Uber diz que futuro é se livrar de motoristas com carros autônomos

Avatar

Por Júlia Miozzo

22 de outubro de 2015 às 14:31 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

SÃO PAULO – Alguns rumores sobre o carro autônomo do Uber têm circulado pela internet há algum tempo. Recentemente, em entrevista ao The Wall Street Journal, o CEO da startup, Travis Kalanick comentou que acredita que o Uber precisa investir nesses carros para não terminar como a indústria do táxi – “nós temos o potencial para sermos interrompidos se não fizermos isso certo, é super fascinante”, disse.

Tanto que, no último ano, a empresa contratou mais de quarenta especialistas em veículos autônomos da Carnegie Mellon University e de pesquisadores sobre a segurança dos carros, segundo o Business Insider.

O Uber não é a única empresa que está trabalhando em algum projeto de direção autônoma. A Apple, Tesla e o Google, que está mais a frente, também possuem seus projetos.

“Vai ser interessante, enfim, ver como as cidades lidam com essas ondas de ruptura, que devem vir mais e mais rápidas”, disse o CEO. “Algumas cidades vão permiti-las, e então elas serão a instituição do futuro, e as outras cidades vão parecer que pararam na idade média”.

Travis não deu nenhuma informação específica sobre construir seu próprio carro ou trabalhar com parceiros.