CEO do Uber diz que existe um momento certo para deixar seu negócio

Avatar

Por Júlia Miozzo

15 de outubro de 2015 às 12:28 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – CEO da startup mais valiosa do mundo, Travis Kalanick já passou por duas startups antes de fundar o Uber. Na última segunda-feira (12), o CEO palestrou para mais de 1.200 empreendedores na universidade UCLA, nos Estados Unidos, explicando qual é o momento em que os empreendedores sabem que devem desistir de seu negócio e fechar a empresa. As informações são do Re/code.

“Quando você pensa ‘Eu com certeza vou perder minha sanidade’, é o momento de seguir em frente”, ele disse. Não à toa, a experiência do empreendedor não é pequena: ele trabalhou em uma empresa chamada Scour, uma ferramenta de pesquisa que funcionava como um torrent, para vídeos, filmes e músicas – tudo gratuitamente; no final, a empresa foi processada em US$ 250 bilhões por grandes empresas, e então decretou falência.

Logo em seguida, Kalanick criou a empresa de networking RedSwoosh. “A ideia era transformar todas as 33 empresas que me processaram em clientes”, comentou. “Então agora eles estão me pagando”. Essa startup, por sua vez, foi vendida em 2007 para a empresa Akamai por US$ 23 milhões. Parte dos lucros da venda dessa startup foram usados para fundar o Ubercab – o protótipo do atual Uber.