”Caixas eletrônicos” de água vendem 20 litros por 0,5 cents no Quênia; entenda

Avatar

Por Júlia Miozzo

24 de julho de 2015 às 09:51 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

SÃO PAULO – Um novo sistema de distribuição de água potável foi instalado na cidade de Nairóbi, capital do Quênia. Fruto de uma parceria entre o governo da cidade e a empresa dinamarquesa Grundfos, o sistema é semelhante a caixas eletrônicos e distribui água por um preço baixo.

Chamado AQtap, o sistema já beneficiou mais de 100 mil pessoas desde que foi instalado no país e deve ser expandido para outros.

O sistema é a solução para áreas rurais e da periferia urbana que não são conectadas à principal rede de água; o quiosque de água é conectado a um tanque de água fornecido pelo subsolo ou por superfícies tratadas utilizando energia solar. Tendo como componentes um cartão de crédito chamado WaterCards, uma unidade de distribuição e um sistema de gerenciamento de água, basta o consumidor inserir o cartão no caixa e informar a quantidade de água que deseja pegar que ela cairá automaticamente.

Cerca de 150 caixas de água já foram instalados no país. Segundo a empresa de distribuição de água em Nairóbi, Nairobi City Water and Sewerage, com o sistema é possível conseguir 20 litros de água com metade de um xelim queniano, cerca de metade de um cent norte-americano – antes disso, a mesma quantia de água era correspondente a 50 xelins. Os cartões para pegar água no “caixa” foram distribuídos aos residentes da favela de Mathare gratuitamente.