Brasileira iFood compra startup recém-fechada nos EUA

Avatar

Por Paula Zogbi

17 de março de 2016 às 11:38 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Startup brasileira iFood fechou nesta semana a compra da norte-americana SpoonRocket, que havia anunciado seu fechamento um dia antes, na terça-feira. Ambas as empresas fazem serviço de entrega de comida por dispositivos móveis.

As empresas estariam em conversas há alguns anos, mas a SpoonRocket parecia desesperançada de que alguém fosse compra-la em seus últimos suspiros.

De acordo com um release enviado à imprensa, a plataforma brasileira pretende usar o modelo de logística da SpoonRocket para melhorar suas próprias entregas e seguir em expansão, com a ajuda do CTO da norte-americana. “Embora a SpoonRocket não tenha funcionado, acreditamos que temos um dos melhores sistemas de delivery do mundo e é maravilhoso vê-lo sobreviver na iFood”, disse um dos fundadores da empresa, Anson Tsui, no texto.

A iFood recebeu financiamento de US$ 62 milhões da Movile e da Just Eat e tem feito aquisições estratégicas, como a Papa Rango, Alakarte e Central do Delivery.

Com as movimentações, a iFood, que já lucra, espera uma média de 1,5 milhão de entregas mensais. A Just Eat estima que o mercado de entregas eletrônicas de comida no Brasil valha pelo menos US$ 1,5 bilhão.