Após campus “espaçonave”, Apple compra enorme terreno de 385 mil m²

Em entrevista à revista Fortune, um porta-voz da Apple disse que uma vez que o campus 2 estiver completo, a empresa espera manter 41 mil empregos na área

Avatar

Por Júlia Miozzo

6 de novembro de 2015 às 16:04 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – Além da nova sede em formato de nave espacial localizado em Cupertino, ainda em construção, a Apple está comprando lotes de terra que poderiam resultar em um novo campus de 385 mil metros quadrados na região de San Jose, Estados Unidos. As informações são do Silicon Valley Business Journal.

“Eles estão comprando o terreno e desenvolvendo-o por conta própria. Normalmente, quando isso acontece, significa que é algo importante para eles”, explicou o repórter de imóveis Donato-Weinstein. É uma expensão sem precedentes para a empresa. 

No relatório anual divulgado na semana passada, a Apple divulgou que suas projeções de despesas cresceram em 34% no ano fiscal de 2016. Da mesma maneira, os compromissos de balanço da empresa estão projetados para crescer 32% de ano em ano.

Em entrevista à revista Fortune, um porta-voz da Apple disse que uma vez que o campus 2 estiver completo, a empresa espera gerar 41 mil empregos na área. “Queremos fazer um impacto positivo em toda a comunidade em que operamos e esperamos fazer mais conforme crescemos aqui”, disse.