Aprenda com os erros do Twitter: 6 lições para toda startup

Avatar

Por Paula Zogbi

11 de fevereiro de 2016 às 16:55 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

No mesmo dia em que abriu capital, em 2013, o Twitter viu suas ações saltarem de US$26 para US$45. Naquele ano, o valor de mercado da companhia chegou a US$40 bilhões. Mas a euforia não duraria muito.

Além de alguns “heavy users” e muitas celebridades controversas, o Twitter nunca de fato conseguiu chegar ao posto de “nova rede social principal” que algumas pessoas achavam que alcançaria. Até nossas avós estão no Facebook. No Twitter? Nem nossos primos prestando vestibular.

Ainda nesta semana, o anúncio de uma mudança na timeline desagradou muitos usuários, que passaram a usar a hashtag #RIPTwitter. Ela ficou entre as mais usadas por um longo tempo.

No Entrepreneur, Steve Tobak separou algumas lições que todo empreendedor deve aprender com o microblog se busca sucesso com sua startup:

1. IPOs podem ser desastrosos

“O Twitter nunca deveria ter aberto capital no momento em que o fez”, escreve o especialista. Segundo ele, as altas expectativas e a falta de planejamento em questões como a forma de atrair novos usuários prejudicaram a companhia. Não há espaço no mercado para uma companhia tentando se descobrir.

2. Não crescer é prenúncio da morte

Investidores de tecnologia buscam crescimento. Uma startup estagnada, portanto, não serve para eles. Seja em vendas, visitas, usuários, tenha certeza que suas métricas estão sempre em um movimento de alta.

3. Inovação é um processo contínuo

O público leigo vê o Twitter como uma rede social difícil e complicada. “o medo de alienar os usuários atuais paralisou o Twitter”, escreve Tobak. O Facebook, por outro lado, decidiu pela estratégia oposta, de mover-se o mais rápido possível.

4. Atrair e manter executivos talentosos é prioridade máxima

Empresas jovens ou em crescimento precisam e liderança e organização consistentes, diz o especialista. O Twitter sempre teve uma equipe em estado de transição.

5. O fundador não é um super herói

Desde o retorno de Jack Dorsey, as ações da companhia operam em baixa e 4 executivos de alto escalão deixaram seus cargos, relembra Tobak. A medida impopular desta semana foi ideia dele, bem como a ideia de aumentar o limite dos caracteres. São inovações, mas não necessariamente a solução para todos os problemas da empresa.

6. Saiba vender seu produto

Os executivos do Twitter nunca souberam, de fato, dizer por que as pessoas devem usar seu produto. E se elas não souberem para que servem, não usarão.
Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]