Apple compra startup que pode tornar a Siri muito mais “humana”

Caso a tecnologia seja aplicada à Siri, ela também poderia entender o contexto em que o pedido foi feito e melhorar o reconhecimento de voz ao longo do tempo

Avatar

Por Júlia Miozzo

5 de outubro de 2015 às 10:21 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – A nova compra da Apple é a VocalIQ, startup britânica que cria softwares de inteligência artificial. O software ajuda as pessoas a comunicar-se com seus computadores através de diálogos – ou seja: ele provavelmente seria voltado para a Siri.

Segundo o Tech Insider, se ele fosse aplicado à assistente virtual, a Siri poderia ter conversas reais com o usuário ou até mesmo lembrar qual foi a última pergunta feita. Atualmente, ela responde cada pedido separadamente, mas não se lembra do que já foi pedido ou perguntado. Ela também poderia entender o contexto em que o pedido foi feito e melhorar o reconhecimento de voz ao longo do tempo.

Quando uma pessoa conversa com algum aplicativo com o VocalIQ, o sistema cria um diálogo e também reconhece quando não entende o que foi pedido e pede para o usuário explicar – uma inteligência artificial capaz de aprender de verdade.

Uma vez que o diálogo está completo, o sistema pode analisar e documentar a conversa, modificando-a em seus modelos de entendimento. Seria como se a Siri fosse ficando, com o passar do tempo, mais inteligente – além de agir de uma forma muito mais humana.