Apple adquire startup de inteligência artificial

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

21 de novembro de 2018 às 11:30 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Apple adquiriu a startup de inteligência artificial Silk Labs, de acordo com o The Information. Segundo fontes informaram ao veículo, a aquisição teria acontecido mais cedo neste ano. A Silk Labs possuía cerca de uma dúzia de funcionários e havia levantado US$ 4 milhões em investimento.

A Silk Labs foi co-fundada por Andreas Gal, ex-CTO da Mozilla e havia lançado apenas um produto ao público – o Sense. O dispositivo era um hub e câmera inteligente para tornar casas conectadas, na qual a startup havia levantado US$ 150 mil pelo crowdfunding Kickstarter para sua criação.

O crowdfunding aconteceu em fevereiro de 2016 e em junho do mesmo ano a startup anunciou o cancelamento do produto e a devolução do dinheiro aos investidores. Na mesma época, a Silk Labs informou que estava pivotando e passaria a desenvolver softwares de inteligência artificial para outras empresas.

Atualmente, a startup oferece serviços de detecção de pessoas, reconhecimento facial e segurança para casas. A iniciativa de inteligência artificial é semelhante à adotada pela Apple, na qual os dados são analisados e processados nos próprios dispositivos dos usuários.

Aquisição de startups

Recentemente, a Apple desembolsou cerca de US$ 630 milhões e adquiriu duas startups – a Dialog Semiconductor, focada em chips, e a Spektral, focada em realidade aumentada. Mas essas não foram as únicas empresas adquiridas pela gigante do Vale do Silício – há dois meses, ela comprou o Shazam por cerca de US$ 400 milhões.

Apenas nestas aquisições deste ano, a estimativa é que a empresa tenha gastado mais de US$ 1 bilhão, sem contar com a compra da Texture, que foi em março deste ano e não teve o valor divulgado.