Aplicativo PIP funciona como um “instagram” de pratos e receitas

Criada em 2013, a PIP recebeu um investimento inicial de R$ 1,2 milhão no Brasil

Avatar

Por Júlia Miozzo

10 de novembro de 2015 às 10:41 - Atualizado há 4 anos

Tendo em mente facilitar a busca por receitas na internet, a startup PIP funciona como um caderno de receitas digital que funciona como o Instagram, postando a foto e receita do prato. O app, disponível para Android e iOS, já conta com mais de 150 mil usuários.

Até empresas podem criar seu perfil no aplicativo, permitindo inclusive que os clientes tirem dúvidas e entrem em contato com elas. Além de divulgar as receitas, é possível fazer pesquisas, enquetes, criar concursos, disponibilizar cupons de desconto, etc. Para os usuários, é possível pesquisar uma receita específica e seguir os usuários.

Criada em 2013, a PIP recebeu um investimento inicial de R$ 1,2 milhão no Brasil e teve início das operações quando o empresário Guido Jackson assumiu como diretor executivo.

“O sucesso passou a chamar a atenção de blogueiras e empresas que tem se valido desta rede social para aprofundar seus conhecimentos, divulgar os seus trabalhos e produtos além de identificar diversos tipos de comportamentos e oportunidades de quem tem sintonia com o assunto” explicou Guido.