Aplicativo dá dinheiro para consumidores que tirarem fotos de QR Codes

Avatar

Por Juliana Américo

10 de abril de 2015 às 13:28 - Atualizado há 6 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

SÃO PAULO – Já pensou em usar um aplicativo e ganhar dinheiro com isso? Esse é o objetivo do PiggyPeg.

O aplicativo propõe um novo modelo de propaganda para atrair consumidores aos pontos de venda, recompensando sua atenção com dinheiro e criando um jogo divertido que estimula a poupança e educação financeira com mensagens curtas e simples.

Basta abrir o app para ver as lojas destacadas no mapa, ou selecionar a opção por geolocalização, e se dirigir a um dos estabelecimentos indicados para fazer a leitura de um QR Code em exposição. A partir daí, é só acumular. A cada R$ 20, é possível resgatar o saldo, que será depositado diretamente na conta corrente especificada pelo usuário.

Cadastre sua startup no StartSe e fale com investidores, mentores, aceleradoras e fundos de investimento. É gratuito. Acesse www.startse.com.br.

“Queremos oferecer uma alternativa aos programas de pontos e cupons para motivar as pessoas a ir a um estabelecimento. Trata-se de uma visão inovadora de como fazer propaganda sem dispersão de verba publicitária e com segmentação fidedigna do público-alvo”, afirma o fundador Eduardo Moreira.

Visualizado por tablets ou celulares dos lojistas, cada QR Code é único e se altera assim que fotografado,  não sendo necessário o usuário baixar qualquer leitor de QR Code. O usuário poderá capturar apenas um prêmio por dia em cada loja e adquirir mais pontos se compartilhar o resgate com sua rede nos canais sociais.

“Nossa meta é superar 1 milhão de usuários cadastrados até o fim de 2015 e atingir uma rede com mais de 5 mil estabelecimentos”, conta Moreira.