Aplicativo contraceptivo recebe investimento de US$ 30 milhões

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

9 de novembro de 2017 às 17:14 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Natural Cycles foi fundado em 2014 pelos médicos Raoul Scherwitzl e Elina Berglund a partir de uma necessidade própria: Berglund buscava um método contraceptivo natural e efetivo. Criaram, então, um aplicativo que usa algoritmo e dados para determinar o período fértil de cada mulher.

O funcionamento é simples: a mulher mede a temperatura de seu corpo todos os dias com um termômetro basal (que possui quatro dígitos para maior exatidão) e registra no aplicativo. O aplicativo é capaz de avaliar, pela temperatura, em qual estágio do ciclo menstrual a mulher está. O resultado é rápido: se apareceu a cor verde, a mulher não está no período fértil. Se está, a cor vermelha aparece.

Seguindo a natureza dos dados, quanto mais informações, mais exato é o resultado. Quando a mulher esquece de registrar a temperatura diariamente, o algoritmo percebe e se incube de adicionar mais dias vermelhos ao calendário. Os fundadores da Natural Cycles afirmam que a eficácia do aplicativo é de 93% no uso típico.

Mulheres que desejam engravidar também podem utilizar o aplicativo, revertendo seu modo. A Natural Cycles divulga que há 500 mil mulheres de 161 países utilizando o método. Dessas mulheres, 75% escolhem o método para contracepção.

[php snippet=5]

Investimento

A rodada de investimento que trouxe US$ 30 milhões à Natural Cycles foi comandada pela EQT Ventures. Houve a participação da Sunstone, E-Ventures e Bonnier Growth Media.

O aporte será utilizado para contratar mais cientistas e médicos na startup, que conta com 40 pessoas atualmente. “Queremos continuar fazendo grandes pesquisas sobre a saúde feminina, usando soluções científicas e inovadoras para encontrar novas opções de contraceptivos para mulheres do mundo inteiro”, afirmou Berglund ao Venture Beat.

Validação

Na União Europeia e no Reino Unido, o aplicativo é considerado um método contraceptivo válido. Agora, a empresa busca a aprovação da FDA para obter o mesmo status nos Estados Unidos.

Antigamente, uma das opções de controle do ciclo fértil das mulheres era através da tabelinha. Hoje, sabemos que esse não é um método confiável, pois julga que todas as mulheres possuem o ciclo com a mesma duração – o que não é verdade. O Natural Cycle calcula o ciclo de cada mulher com base em dados do seu próprio corpo, o que garante uma eficácia maior.

O Natural Cycle contribui com a nova economia ao permitir que mulheres tomem decisões assertivas e naturais, indo contra a maré da maioria dos contraceptivos atuais. A Nova Economia será discutida por Mauricio Benvenutti, autor do best-seller Incansáveis, em um curso online. Confira.

(Via Venture Beat)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão da StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha em patrocinar os eventos da Startse, entre em contato no patrocinio@startse.com.