Análise de 477.358 startups vai te mostrar como “vender” a sua

Avatar

Por Júlia Miozzo

1 de abril de 2015 às 10:13 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

SÃO PAULO – Como podem as startups se destacarem em um mercado que algumas acabam tendo mais destaque? Criando algo semelhante, seguindo modelos de negócios já existentes. E no momento, os que mais chamam a atenção dos empreendedores são o das startups Airbnb, plataforma de aluguel de casas, e o Uber, aplicativo de “caronas”. Todos querem ser o Airbnb ou Uber de outros segmentos.

O MarketWatch analisou 477.358 registros de empresas no AngelList, das quais 220.619 são perfis ativos. A comparação mais popular destas é com o Airbnb para outras funcionalidades com o Uber ocupando a segunda posição e o LinkedIn a terceira. A análise foi feita nas pequenas descrições ou conceitos de cada empresa no AngelList, plataforma de perfis de startups.

Cada uma das startups mais mencionadas é voltada para um nicho: o Airbnb transmite a ideia da economia compartilhada, o Uber é um exemplo dos serviços sob demanda e o LinkedIn assume o aspecto de uma rede social profissional.

Quer ter uma startup de sucesso? Cadastre-se no StartSe e fale com milhares de investidores e mentores. Acesse www.startse.com.br. É gratuito.

As mesmas empresas usadas em modelos de comparação também são claros exemplos de sucesso: apesar de ambas serem serviços de carona sob demanda, o Uber, cujo valor é de US$ 41,2 bilhões, é usada como comparação 220 vezes, enquanto o Lyft, que vale US$ 2,5 bilhões, apareceu sete vezes na análise.

As startups sob demanda móveis que executam as demandas off-line, como um “Uber para x”, levantaram US$ 1,37 bilhões nos três primeiros trimestres de 2014. Desde então, eles levantaram um adicional de US$ 483 milhões até o dia 16 de março – e esses números excluem o obtido pelo Uber.

Enquanto um dos investidores no Yelp, LinkedIn e Pinterest acredita que o uso das comparações é uma espada de dois lados – por mostrar, talvez, que a empresa não é tão inovadora e única –, a CEO da Urban Leash, o “Uber para caminhar com cachorros”, afirma que os investidores são inteligentes o suficiente para perceber que existem diferenças entre as empresas.