Smartbreeder, empresa de agrotech, recebe aporte de R$ 5 milhões do Fundo FIMA

Avatar

Por Elena Costa

19 de março de 2018 às 13:15 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

O Fundo FIMA, criado pelo BNDES e gerido pela Inseed Investimentos, realizou um aporte de R$ 5 milhões na Smartbreederempresa especialista em desenvolvimento e comercialização de Sistemas Inteligentes de Manejo Integrado de Culturas.

O dinheiro investido na companhia será utilizado para capital de giro, sustentação da expansão da operação em cana de açúcar, escalonamento da tecnologia para soja e novas culturas, estruturação de equipe comercial, estratégias de marketing e pesquisa.

A empresa oferece soluções que possibilitam o desenvolvimento de sistemas de suporte à tomada de decisão (DSS) através do processamento inteligente de milhões de dados e modelos matemáticos. Segundo o fundador e CEO, Éder Giglioti, a plataforma utiliza conhecimentos da biologia, física, medicina, estatística e inteligência artificial, num conjunto de tecnologias digitais aplicadas para auxiliar nas DSS.

Com o objetivo de otimizar a performance e a gestão do manejo de culturas agrícolas, racionalizando o uso dos insumos, reduzindo custos e aumentando a produtividade das áreas cultivadas, em favor do agronegócio mais sustentável, a  Smartbreeder, segundo Éder, tem a missão de definir e promover a execução da estratégia mais racional, econômica e ambientalmente correta para o manejo de culturas agrícolas e florestais.

O Agronegócio é um dos setores da economia que mantém crescimento acelerado, há décadas. A cada ano, consumimos mais! Somos 7,3 bilhões de habitantes e, segundo a ONU, seremos 8,6 bilhões em 2030 e 11,2 bilhões de pessoas em 2100. Nunca dependemos tanto da tecnologia para sermos mais eficientes na produção de alimentos. Quais tecnologias vão nos levar além? O nosso evento AgroTech Conference irá discutir isso e outras transformações que o mercado está sofrendo. Corra e faça a sua inscrição!

Não deixe de entrar no grupo de discussão da StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em patrocinar eventos da StartSe, envie um e-mail para patrocinio@startse.com.br

[php snippet=5]