Agrotech promove marketplace de peças e acessórios agrícolas

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

30 de Maio de 2018 às 17:27 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Comprar peças e maquinários agrícolas definitivamente não é uma tarefa fácil. São muitas as opções que existem no mercado hoje, para diversos fins. Apesar dos diversos modelos, as máquinas continuam a ser ativos caros e pesados e, portanto, difíceis em termos de logística.

Para facilitar esse processo, o engenheiro agrônomo Andre Faro criou a Pangea Parts, um marketplace B2B de peças e acessórios agrícolas que conecta fabricantes, importadores e distribuidores a compradores. A startup iniciou suas operações em outubro de 2017, após ter sido idealizada durante todo o ano.

“Grande parte dos compradores são pequenas ou médias empresas, com um time enxuto que não tem tempo para se dedicar à compra. As empresas deixam de aproveitar as melhores condições disponíveis no mercado, pois não fazem uma ampla pesquisa de preço e de tempo de entrega”, comenta o fundador da startup. A plataforma da Pangea Parts resolve esse problema pelo comprador, trazendo as melhores ofertas do mercado de acordo com o produto desejado.

Além disso, a startup acaba atuando como mais um canal de venda para os fornecedores de máquinas e peças, ao mesmo tempo que simplifica um processo trabalhoso para os compradores. A facilidade está até em comprar itens diferentes para cada filial da empresa ou replicar pedidos antigos para a elaboração de um novo, o que acontece em compras recorrentes.

Na plataforma, os usuários podem cotar e aprovar o pedido, acompanhar o frete e pagamento, dar a opinião sobre a compra e ainda acessar todo o histórico de transações. Se necessário, os compradores ainda contam com o suporte da equipe da Pangea Parts, que possuem experiência no agronegócio.

No portfólio de produtos da Pangea Parts há desde máquinas do segmento de floresta e jardim (como motosserras, sopradores e roçadeiras) a equipamentos da área agrícola em geral, como tratores, colheitadeiras, pulverizadores, entre outros.

Atualmente, a startup está se preparando para uma rodada seed (semente) de investimentos. “Não tivemos aporte externo até o momento, mas buscamos uma rodada seed para ganhar tração”, comenta Faro.

Os compradores pagam uma mensalidade para usar a ferramenta completa de cotação de peças e leilão sem limites e contar com o suporte e acompanhamento dos pedidos até a entrega. Já para os fornecedores que utilizam a plataforma, a agrotech cobra uma comissão das transações que são realizadas.

“Queremos agregar o maior número de usuários neste mercado, tanto do lado do comprador como também do fornecedor. Por ser um marketplace de nicho, podemos oferecer muito mais aos consumidores, pois conhecemos este mercado em profundidade”, finaliza Andre Faro.

A Pangea Parts é uma das agrotechs que participarão da Agrotech Conference, um evento que reúne a revolução tecnológica que está acontecendo no agronegócio. Quer mais detalhes? Acesse o site e garanta sua participação!

Baixe já o aplicativo da StartSe no iOS ou no Android