Agrotech traz mais assertividade ao produtor ao monitorar plantações com drone

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

4 de junho de 2018 às 07:49 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Antes da implantação da tecnologia no campo, decisões importantes para o sucesso de plantações eram realizadas de maneira geral, com base no conhecimento do próprio agricultor. Esse modelo deu certo por muito tempo até que foi superado por outras soluções mais simples e eficazes, trazidas principalmente pelas agrotechs.

É o caso da Mapear com Drone – a agrotech permite que drones monitorem plantações, trazendo um mapa digital completo de toda a área. O produtor pode ver o estado de sua plantação por um smartphone ou celular, utilizando as informações para saber onde as plantas precisam de mais água, se há infestações de pragas e insetos, entre outros.

Para mapear o terreno, a startup analisa a área de interesse e faz o planejamento do voo. O drone realiza o voo automaticamente, capturando as imagens aéreas do local. A Mapear Com Drones realiza o processamento das imagens e gera a base cartográfica do terreno, representação 2D na qual é possível mensurar a distância e perímetro da área.

“Nós oferecemos soluções acionáveis para o nosso cliente através do mapeamento aéreo com drones. Oferecemos soluções acionáveis e personalizadas ao nosso cliente, trazendo confiabilidade e um produto com qualidade que realmente ajuda na solução de problemas”, afirma Silva Ferreira, fundadora da startup.

A empreendedora percebeu a tendência dessa tecnologia quando ainda estava na graduação. Engenheira cartógrafa, Silva Ferreira aprendeu a ciência por trás do mapeamento aéreo, chamado de fotogrametria. “Com a chegada dos drones no mercado, percebi o potencial de transformação que teriam neste segmento”, comentou.

Ferreira trabalhou por dois anos em uma empresa de mapeamento aéreo com drones, acompanhando o desenvolvimento do mercado até abrir a própria startup. Atualmente, a agrotech possui entre os clientes grandes nomes da agricultura, como a Syngenta e Solar Coca-Cola.  Mas a solução ainda vai além da agricultura: hoje a Mapear Com Drones realiza o monitoramento aéreo para construção civil, indústrias, entre outros.

A Mapear com Drones é uma das agrotechs que estarão na Startup Village da AgroTech Conference que acontece nesta terça-feira, dia 05 de junho. O evento reunirá os maiores especialistas, empresas e startups de agrotech do mercado. Garanta a sua participação na revolução tecnológica no agronegócio, acesse o site!

Baixe já o aplicativo da StartSe no iOS ou no Android