A reputação de sua empresa – ou sua! – na internet é importante

Avatar

Por Júlia Miozzo

18 de janeiro de 2016 às 10:41 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Hoje o maior cartão de visita de uma empresa é a internet, e por isso as empresas devem ficar atentas ao que consta sobre elas na rede, pois qualquer informação que crie uma imagem negativa pode resultar em perdas. É preciso ter em mente que, com apenas uma “googlada”, algum possível cliente pode acabar desistindo de fazer negócio exclusivamente pelo que é dito.

“O maior problema que vejo nos clientes é que não estão preparados para quando alguma crise acontece e acaba manchando a imagem”, disse Julia Sousa, diretora de negócios da Status Labs. A empresa norte-americana trabalha com o gerenciamento e recuperação de reputação na internet para grandes empresas e pessoas públicas. “As empresas não prestam atenção aos resultados online sobre elas mesmas, isso é essencial para evitar algum problema”, completou.

Segundo Julia, é essencial que exista um canal centralizado e aberto para que os clientes possam fazer seus comentários, sejam eles críticas, elogios ou pedidos – e também fazer o monitoramento desses comentários. “A tendência é ter uma página aberta, como um reclame aqui, para dar voz aos consumidores e clientes. O mundo online envolve demais a conexão entre cliente e empresa, por isso é tão importante”, explicou.

A técnica para recuperar a imagem de empresas com a reputação em crise é reorganizar os resultados do Google, colocando os que mostram histórias positivas sobre o cliente, pois “as reportagens e conteúdo que trazem uma imagem negativa sempre ficam primeiro e acabam chamando mais atenção”, disse.

“O que nós mais tentamos explicar para nossos clientes é a como reagir às crises, mostrando quais deveriam ter sido as ações… O impacto é sentido rapidamente, mesmo ela nunca sendo imediata”, disse a diretora. “Para pessoas púlicas, como um executivo, o ideal é lembrar sempre que ela está ligada a uma empresa e por isso ela deve tomar cuidado com o que diz publicamente, coisas do tipo”, finalizou.