Startup desenvolve veículo autônomo específico para cadeirantes

O protótipo da May Mobility foi testado por habitantes de Columbus, nos EUA; a startup está trabalhando em melhorias para lançar o serviço em outras cidades

0
shares

A startup de transporte autônomo May Mobility foi criada com o objetivo de transformar a forma de ir e vir das pessoas — mesmo aquelas com mobilidade reduzida. Pensando nisso, a empresa, que já está testando veículos autônomos no transporte público de algumas cidades, desenvolveu um protótipo acessível para cadeiras de rodas.

O veículo foi testado por habitantes de Columbus, em Ohio, e a startup já colheu feedbacks para realizar melhorias. O protótipo da May Mobility possui portas maiores, uma rampa e espaço suficiente para manter o cadeirante confortável durante o trajeto. Segundo a empresa, depois da implementação de melhorias, pilotos também serão testados em outras cidades.

“Enquanto planejamos levar veículos com acesso para cadeiras de rodas a nossas operações públicas em Columbus, Providence e Grand Rapids em breve, o plano da May Mobility é explorar como podemos tornar nossos veículos progressivamente mais acessíveis a longo prazo”, disse Alisyn Malek, uma das fundadoras da startup, em um comunicado. Segundo ela, esse foi o primeiro passo para garantir que o design de veículo funcione para todos.

A startup, que recebeu em 2018 um investimento de US$ 11,5 milhões liderado pela Toyota, estreou uma rota inicial de testes no mesmo ano em Detroit. Hoje, a empresa possui um circuito inteligente em Columbus, com três ônibus autônomos que transportam, durante toda a semana, passageiros para os principais destinos turísticos e educacionais da cidade. Mais de 11 mil pessoas já foram transportadas desde a criação do serviço.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários