Rappi lança cartão pré-pago e sem anuidade em parceria com a Visa

O cartão físico tem conexão com a carteira virtual RappiPay, permite saques em dinheiro e tem cashback em RappiCréditos em todas as compras

0
shares

A startup colombiana Rappi lançou nesta segunda-feira (24) um cartão pré-pago em parceria com a Visa. Usuários do aplicativo já podem solicitar o envio do cartão gratuitamente, embora neste momento tenha mais de dez mil pessoas na fila para receber o novo produto.

O Rappi começou como um aplicativo de entregas, mas está cada vez mais se tornando um super app – plataforma que reúne soluções para toda e qualquer necessidade cotidiana. O cartão pré-pago faz parte dessa estratégia, e se junta a outros produtos financeiros do unicórnio latino-americano, como a carteira virtual RappiPay, e o sistema de pagamentos por QR Code.

Como a Rappi quer conquistar o coração e a mente de 700 milhões de consumidores

Para adicionar fundos ao cartão, o usuário pode utilizar os créditos da RappiPay, um cartão de crédito cadastrado no Rappi ou realizar transferência bancária. Pensando no público desbancarizado, também é possível fazer o depósito através de boleto. Ao Infomoney, Sebastian Mejía, cofundador e presidente da startup, disse que a novidade “é um meio de pagamento democrático e que evita a burocracia das agências bancárias tradicionais”. Neste sentido, não há anuidade para o uso do cartão.

Diferente de cartões pré-pagos tradicionais ou de débito, no entanto, o novo produto da parceria entre Rappi e Visa pode ser utilizado em compras online e assinatura de serviços. Ou seja, o cartão poderá ser cadastrado em apps de transporte, streaming de filmes e séries, entre outros.

Além disso, o cartão é internacional e será possível realizar saques em dinheiro com o produto financeiro. A startup também anunciou que haverá cashback em todas as compras realizadas com o cartão, e o valor será devolvido na carteira virtual do usuário, através de RappiCréditos.

A StartSe entrou em contato com a empresa para obter mais informações sobre taxas para saque, valor do cashback e se o saldo permite que o usuário entre no negativo (no caso de estar cadastrado em serviços com débito automático, por exemplo). Até o momento da publicação, não houve resposta por parte da assessoria da Rappi.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários