Banco digital N26, que não cobra por transações internacionais, virá para o Brasil

O banco digital N26 pretende chegar ao Brasil em breve - e o líder de operações no país, Eduardo Prota, já está recrutando

0
shares

Viaja muito e sofre por todas as taxas que paga por transações internacionais? A fintech N26 pode trazer a solução perfeita – e você não precisará ir até ela, pois ela virá para o Brasil. O banco digital alemão oferece pagamentos gratuitos em qualquer moeda.

Já quem deseja enviar dinheiro para outros países pode optar por um plano pago mensal que realiza transferências gratuitas. Isso é possível através de uma parceria da N26 com a Transferwise, empresa especializada nesse serviço.

A fintech revelou seus planos na conferência MWC que está acontecendo em Barcelona. Ela não foi clara quanto a data de sua vinda ao Brasil, apenas que é o próximo mercado em vista após os Estados Unidos. A N26 pretende desembarcar nos EUA ainda no primeiro semestre de 2019.

O empreendedor Eduardo Prota será o líder de operações da N26 no Brasil. Ele fundou e liderou a startup de caronas Tripda, que hoje está presente em mais de 13 países. Mais recentemente, ele foi o líder da plataforma aberta da Cielo. Atualmente, Prota está recrutando integrantes para o banco digital em solo brasileiro.

Criada em 2013, a N26 lançou seu produto apenas dois anos depois, em 2015. Hoje, está presente principalmente na Europa, em países como Dinamarca, Polônia, Suécia, Islândia, entre outros. Ela atingiu 2 milhões de clientes em novembro do ano passado.

Desde que lançou seu primeiro produto, o banco digital processou mais de 20 bilhões de euros. Ela levantou mais de US$ 500 milhões e se identifica como o banco digital líder na Europa.

Concorrência à vista

No país, hoje temos diversas opções de fintechs e bancos digitais. Realizamos o comparativo entre a maioria delas.

Eles nasceram com o objetivo de reduzir taxas para os consumidores e trazer mais conveniência para suas rotinas. Em alguns casos, como o Bradesco com o next, os próprios bancos tradicionais estão adentrando nesse mercado.

No entanto, nenhuma das opções oferecidas hoje trazem isenção de taxas no pagamento de transações internacionais – o que pode fazer a N26 ser vista com bons olhos pelos brasileiros.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários