5 aprendizados de Matheus Goyas, fundador da AppProva

O empreendedor acredita que conquistar boas parcerias, aprender com os erros e apostar no uso de dados são essenciais para um negócio de sucesso

0
shares

Com o objetivo de democratizar o acesso ao aprendizado, Matheus Goyas criou, em 2012, o AppProva. Por meio da plataforma, os alunos podem se preparar para avaliações internas e externas, acessar simulados, receber correções em tempo real e reforçar tudo o que foi dado em sala de aula. Para as instituições parceiras, a tecnologia funciona como uma forma de descobrir os pontos fortes e fracos de cada aluno.

"No início, batemos na porta das seis principais instituições de ensino muito conhecidas em Minas Gerais. Eles acreditaram no produto, se tornaram parceiros e assim começou nossa história", disse Goyas durante a Edtech Conference 2019. Hoje, a startup registra 1,5 milhões de estudantes usando a plataforma e mais de 800 instituições parceiras. Segundo Goyas, essa trajetória rendeu diversos aprendizados.  Confira alguns deles:

Capacidade de errar

"É preciso ter a capacidade de errar e aprender com o erro. Cada dia que passa, percebo que experimentar e aprender com aquilo é o que faz uma empresa chegar em um lugar diferente", disse Goyas. Segundo o empreendedor, nem sempre os testes são bem sucedidos, mas isso não é um problema.

Foco nas pessoas

As empresas de sucesso, de acordo com Goyas, focam no cliente como elemento crucial. Além disso, constroem uma cultura interna favorável ao desenvolvimento dos colaboradores. "Se pessoas talentosas estão indo embora, o problema está na organização", afirmou.

Boas parcerias

Ao conseguir a parceria de instituições respeitadas, o AppProva decolou. "Uma vez que mostramos que as principais escolas usavam nossa solução, nossa curva de crescimento foi muito maior. Os primeiros clientes são mais importantes do que os resultados financeiros que te trazem", disse Goyas.

Uso de dados

Ter um banco de dados para analisar o máximo de informações sobre a empresa é essencial para tomar qualquer decisão. "É preciso entender o que o usuário faz, quando faz, como ele usa a solução e por quanto tempo", explicou Goyas.

Contexto

Por fim, é importante lembrar que o setor de educação é complexo, formado por várias camadas. "O empreendedor precisa entender a realidade do contexto em que está inserido, fazendo o melhor em conjunto com professores, escolas, universidades e o terceiro setor", concluiu o empreendedor.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários