Fintech Neon lança conta corrente digital para empresas

A partir desta quinta-feira (22), empresas e startups poderão utilizar a conta jurídica digital da Neon, que oferece taxas competitivas e zero anuidade

0
shares

A Neon Pagamentos, fintech de contas digitais, lançou, nesta quinta-feira (22), sua conta digital “Pejota”. A conta jurídica da Neon é focada em pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEI) e, como na conta pessoal, é criada e administrada de forma totalmente online.

Como a Neon não possui agência física, os clientes da “Neon Pejota” poderão realizar saques na rede Banco24Horas e realizar o pagamento de contas pela internet. A conta corrente não possui anuidade, apenas taxas de transferências no valor de R$ 3,50 e emissão de boletos por R$ 2,90 – valores competitivos se comparados aos bancos tradicionais.

Para abrir a conta, a empresa deve possui um CNPJ válido, comprovante de residência e o contrato social ou certificado de MEI. Como o processo é online e realizado diretamente no site da Neon, a análise e aprovação do cadastro tende a ser mais rápido do que os concorrentes. Com a aprovação, os clientes da Neon Pejota já podem utilizar o cartão virtual para pagamentos de conta online.

O cartão virtual funciona como um cartão de crédito, mas desconta o valor da compra imediatamente, como em um cartão de débito. A iniciativa facilita que empresas realizem compras online mesmo que ainda não tenham o crédito aprovado. No futuro, a expectativa é de lançar um cartão de crédito também para as empresas, como a fintech realizou recentemente com as contas digitais de pessoa física.

“Nosso objetivo é gerar valor para essas empresas e contribuir com o negócio deles, ao oferecer uma solução de conta digital com custo baixo e que entrega as funcionalidades que precisam”, afirma Fernando Montanari, diretor de Negócios da Neon Pagamentos. A conta jurídica permite que haja mais de um usuário, com um administrador capaz de aprovar todas as transações realizadas.

Uma versão beta da conta jurídica foi testada por mais de 1000 empresas brasileiras no último ano – ela já estava em fase de testes quando o Banco Neon (ex-Banco Pottencial e antigo parceiro da fintech) sofreu a liquidação extrajudicial há seis meses. A fintech retomou todas suas atividades através de uma parceria com o Banco Votorantim, que passou a administrar as contas pessoais e agora as contas jurídicas da fintech. Por ser uma startup, é necessário, por lei, que a Neon Pagamentos tenha os serviços de custódia e movimentação de contas realizado por um banco tradicional.

“Este piloto foi importante para entender as dificuldades e anseios das empresas, além de colher feedbacks para aperfeiçoar o produto. Vamos agregar na plataforma futuramente, por exemplo, a feature de uma área de pagamentos de salários que já foi apontada pelos nossos clientes como necessidade”, disse Montanari. A Neon é a primeira fintech a lançar uma conta digital focada em outras empresas e a solução já está sendo testada por outras startups do mesmo tipo, como a Bela Pagamentos. Para o ano que vem, a expectativa é que a conta jurídica alcance 100 mil usuários na conta jurídica.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários