Neon recebe o maior investimento Série A do Brasil

O Neon recebeu R$ 72 milhões – até o momento, esse é o maior aporte feito em fintech em uma rodada Series A no país

0
shares

O Neon, uma fintech fundada em 2016, recebeu R$ 72 milhões em uma rodada de investimento Série A – até o momento, esse é o maior aporte feito em fintech em uma rodada Series A no país. O aporte contou com a participação das empresas Propel Ventures, Monashees, Quona, Omydiar Network, Tera Capital, Family office do Patria Investimentos e Yellow Ventures. 

Segundo Pedro Conrade, CEO do Neon, os investimentos suportarão o crescimento contínuo que a empresa vem passando. “Acabamos de lançar um novo serviço, temos outras novidades para este ano e grandes planos para o futuro do Neon. O aporte demonstra a confiança dos investidores em nossa equipe e reforça que estamos no caminho certo. Essa rodada permitirá que a gente continue, através da união entre criatividade e tecnologia, a construir uma solução financeira mais simples e transparente para nossos clientes, facilitando a vida deles”, diz. 

Com apenas dois anos e meio de mercado, o Neon cresceu de 8 para 190 funcionários e conta atualmente com mais de 600 mil usuários. A fintech lançou, no mês passado, o seu cartão de crédito para complementar o portfólio de serviços oferecidos. O cartão é isento de anuidade e continua com a simplicidade e transparência da conta digital. Em um primeiro momento, serão distribuídos 5 mil cartões e a demanda será atendida por etapas.

Com a meta de alcançar 1 milhão de usuários até o final do ano, o Neon possui ainda algumas novidades a serem anunciadas. A conta para pessoas jurídicas, que está sendo testada por um grupo de empresas, será lançada ainda no primeiro semestre desse ano. Para os próximos meses, também serão desenvolvidas e lançadas outras opções de investimentos – atualmente, o Neon conta com a opção de investimento em CDB com rendimento de 100% do CDI e liquidez diária.

Além disso, no começo do ano, o Neon anunciou a entrada de nomes de peso para compor sua equipe - Jean Sigrist, ex-diretor do Itaú, Patrick Sigrist, fundador do iFood, e Norberto Giangrande, fundador da Rico - que também são sócios da Yellow Ventures e integraram o time do Neon nos últimos meses. Recentemente, a empresa também mudou de sede, a fim de comportar a expansão e se preparar para a projeção dos próximos anos.

As fintechs estão revolucionando o mercado financeiro, tanto no Brasil quanto no mundo. Saiba como no nosso e-book gratuito.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários